Notice: Undefined offset: 0 in /home/dh_pztkek/ambientalsustentavel.org/wp-includes/capabilities.php on line 149

Temporal provoca deslizamento, alaga ruas e deixa Rio em estágio de atenção

Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá foi interditada devido ao volume d’água. Chuva forte na madrugada levou Defesa Civil a acionar 38 sirenes em comunidades. Rio de Janeiro está em estágio de atenção desde as 23h45 de sexta-feira (30) e tem previsão de mais chuva.

Rua fica completamente alagada em Guaratiba após temporal
Rua fica completamente alagada em Guaratiba após temporal. Foto: G1

A chuva forte que caiu na noite de sexta-feira (29) em várias regiões do Grande Rio deixou a capital em estágio de atenção, desde as 23h45.

Um deslizamento de terra destruiu quatro casas na Travessa Antonina, na Praça Seca, Zona Oeste do Rio (veja imagem abaixo). Não há informação sobre feridos. Segundo a Subprefeitura de Jacarepaguá, há risco de novos deslizamentos.

A Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá, uma das principais ligações entre as zonas Norte e Oeste, foi interditada pela manhã. Segundo o Cento de Operações, foi atingido o critério protocolar de 192 mm em 12 horas na estação do Sistema Alerta Rio no local.

O temporal da madrugada deixou ruas alagadas em vários pontos ainda na manhã de sábado (30). Em Guaratiba, moradores enviaram vídeos para a TV Globo. Em um deles, dá para ver um carro submerso, com apenas o teto fora d’água (assista acima).

Trinta e oito sirenes foram acionadas em 24 comunidades, a maior parte delas na Zona Oeste, onde houve o maior acumulado de chuva – 149 mm em Jacarepaguá.

A passagem de uma frente fria mantém o tempo fechado no Rio. Segundo o Alerta Rio, núcleos de chuva moderada a forte seguiam se formando pela manhã sobre as zonas Oeste e Norte.

Deslizamento atingiu quatro casas na Praça Seca — Foto: Reprodução
Deslizamento atingiu quatro casas na Praça Seca — Foto: Reprodução
Humorista Marcelo Adnet postou foto da Estrada Intendente Magalhães, onde são realizados desfiles de escolas de samba, alagada durante a madrugada — Foto: Reprodução/Twitter/@MarceloAdnet
Humorista Marcelo Adnet postou foto da Estrada Intendente Magalhães, onde são realizados desfiles de escolas de samba, alagada durante a madrugada — Foto: Reprodução/Twitter/@MarceloAdnet

Estágio de atenção

O estágio de atenção é o terceiro nível em uma escala de cinco e significa que uma ou mais ocorrências impactam o município, afetando a rotina de parte da população.

Em caso de chuva a prefeitura recomenda:

  • Não se desloque pelas regiões mais afetadas pela chuva;
  • Evite áreas sujeitas a alagamentos e/ou deslizamentos;
  • Não force a passagem de veículos em áreas aparentemente alagadas;
  • Em casos de ventos fortes e/ou chuvas com descargas elétricas, evite ficar próximo a árvores ou em áreas descampadas;
  • Em pontos de alagamento, evite contato direto com postes ou equipamentos que possam estar energizados;
  • Evite o contato com a água de alagamentos. A água pode estar contaminada e oferecer riscos à saúde;
  • Verifique se há sinais de rachaduras em sua residência. Ao perceber trincas ou abalo na estrutura, acione a Defesa Civil pelo número 199 e evite ficar em casa;
  • Moradores de áreas de risco precisam ficar atentos aos alertas sonoros. O acionamento das sirenes indica perigo de deslizamento. As pessoas devem se deslocar para os pontos de apoio estabelecidos pela Defesa Civil Municipal. Os locais são informados pelo número 199 ou pelo aplicativo COR.Rio;
  • Fique atento às informações divulgadas pelos veículos de comunicação e nas redes sociais do COR;
  • Se necessário, use os telefones de emergência 193 (Corpo de Bombeiros) e 199 (Defesa Civil)

Fonte: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2022/04/30/rio-tem-previsao-de-chuva-fraca-a-moderada-neste-sabado.ghtml