Notice: Undefined offset: 0 in /home/dh_pztkek/ambientalsustentavel.org/wp-includes/capabilities.php on line 149

Existe serpente com pelos? Especialistas esclarecem

Recentemente, um vídeo de uma cobra “peluda” viralizou nas redes sociais e levantou a seguinte questão: será que, afinal, existe alguma espécie do animal com pelos?

Imagem da cobra
Imagem da cobra “com pelos” vista na Tailândia (Foto: Twitter/ @SerpInFormes/ Reprodução )

Um vídeo de uma cobra “com pelos” viralizou nas redes sociais nos últimos dias. Nas imagens, é possível ver uma serpente coberta com uma “pelagem” verde submersa na água, o que gerou espanto nos internautas. Esse fato curioso aconteceu na Tailândia, quando um morador encontrou o animal “peludo” e resolveu levá-lo para casa. Depois de mostrar aos familiares, ele colocou o bicho em um balde e deu alguns peixes para alimentá-lo até as autoridades chegarem ao local.

Segundo Claudio Machado, biólogo, zoólogo e PhD em Medicina Tropical, a serpente foi identificada como uma cobra-d’água-de-cara-inchada, da espécie Homalopsis buccata, que pode ser encontrada na Índia, em Bangladesh, Myanmar, Camboja, Tailândia, Malásia e  Cingapura.

“Ela é aquática e possui uma dentição especializada. Os dentes aumentados no fundo da boca servem para injetar toxinas nos peixes, o que facilita a captação do alimento. É importante informar que essa toxina é específica para matar os peixes. Se ela morder uma pessoa, o acidente não será grave, pois as toxinas são pouco ativas para o homem”, afirma Claudio.

Mas afinal, é mito ou verdade que essa cobra tem pelos? O biólogo Alexandre Simeone explica que, atualmente, nenhuma serpente possui pelos. A ausência dessas estruturas é uma característica do grupo dos répteis, do qual as serpentes pertencem.

Dessa forma, o que realmente aconteceu foi que a cobra ficou muito tempo dentro da água à procura por alimento e, por isso, acabou ficando cheia de musgos.  “Aos poucos, eles irão se soltar e, quando ela fizer a troca de pele, o que toda cobra precisa fazer para crescer, os musgos sairão completamente”, diz Claudio.

Na foto, a serpente da espécie Homalopsis buccata como ela realmente é, sem musgos sobre a sua pele (Foto: Flickr/ lockie Gilding/ CreativeCommons)
Na foto, a serpente da espécie Homalopsis buccata como ela realmente é, sem musgos sobre a pele (Foto: Flickr/ lockie Gilding/ CreativeCommons)

As serpentes não possuem pelos, pois essa estrutura não favorece o seu estilo de vida e sua adaptação na natureza. De acordo com Simeone, caso elas tivessem uma pelagem, a sua locomoção seria extremamente prejudicada. Já as escamas que fazem parte do seu corpo, funcionam como uma armadura, protegendo-as de possíveis ferimentos e otimizando a locomoção.

Por fim, Alexandre revela que ao contrário do que muitas pessoas pensam, as serpentes não são frias ou gosmentas por ter a pele composta por escamas. Seu corpo é seco e liso. “Quanto à sensação de tocá-las, é uma sensação muito próxima de sentir a nossa própria pele, mas com um pouco mais de rigidez”, completa.

Autora: Isadora Moraes.

Fonte: https://revistacasaejardim.globo.com/Vida-de-Bicho/Comportamento/noticia/2022/03/existe-serpente-com-pelos-especialistas-esclarecem.html