Notice: A função map_meta_cap foi chamada incorretamente. Ao verificar a capacidade edit_post, você deve sempre compará-la com um post específico. Leia como Depurar o WordPress para mais informações. (Esta mensagem foi adicionada na versão 6.1.0.) in /home/dh_pztkek/ambientalsustentavel.org/wp-includes/functions.php on line 5835

Estudo avalia ‘impacto’ da natureza em tratamento de pacientes com câncer

Trabalho realizado a partir de um banco de imagens analisa o bem estar destas pessoas após contato com fotos de espécies e ambientes naturais.


Beleza e leveza dos jardins trazem bem estar, mesmo nas fotos.  — Foto: Globo Repórter
Beleza e leveza dos jardins trazem bem estar, mesmo nas fotos. — Foto: Globo Repórter

Por Thaís Pimenta, Terra da Gente, via G1 Natureza

Muitos estudos, mundo afora, já comprovaram que a conexão com a natureza pode melhorar dores físicas e emocionais. Agora um desses trabalhos, realizado aqui no Brasil, quer avaliar o impacto de fotos de animais, plantas e cenários naturais no bem estar de pessoas em tratamento de saúde. A pesquisa faz parte do projeto “E-Natureza”, e foi desenvolvido por um grupo de biólogos e profissionais da saúde, em parceria com o Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein, em São Paulo.

De acordo com uma das idealizadoras do projeto, Lis Leão, pacientes em tratamento de câncer, que estão passando por procedimentos mais invasivos, como de quimioterapia, participaram do estudo.

“Como os pacientes internados são privados do contato com ambientes naturais, acreditamos que seria possível melhorar sua experiência no hospital a partir da contemplação dessas imagens de natureza, oferecendo um atendimento mais humanizado para essas pessoas”, conta uma das idealizadoras do projeto, Lis Leão.

Animais coloridos chamam a atenção de pacientes.  — Foto: Cláudia Gaigher/Arquivo pessoal
Animais coloridos chamam a atenção de pacientes. — Foto: Cláudia Gaigher/Arquivo pessoal

As fotos são mostradas no computador. Foram selecionadas mais de 400 images, divididas em categorias: “paz e tranquilidade”, beleza, abstratas, entre outras. “As pessoas tinham que admirar e definir em uma palavra o sentimento que elas tinham quando observavam essas fotos”, explica Lis Leão.

Ainda de acordo com a pesquisadora, o resultado tem surpreendido em vários pontos. E se mostrou eficiente para melhorar sintomas físicos e emocionais, como a própria depressão.

“A gente tinha uma hipótese que quando pessoas com quadros de ansiedade olhassem fotos do segmento de paz e tranquilidade, isso ajudaria a acalmar a pessoa. Mas nada aconteceu. Já o grupo de beleza, que envolvia aves bem coloridas por exemplo, foi o que mais se destacou. Vários pacientes relataram que esse contato diminuiu a fadiga, a ansiedade, as dores, entre outros sintomas”, explica.

Fotos de paisagens também são utilizadas no estudo.  — Foto: Claudio Bellini/Acervo pessoal
Fotos de paisagens também são utilizadas no estudo. — Foto: Claudio Bellini/Acervo pessoal

Próximos passos

A intenção dos pesquisadores é ampliar os estudos e analisar, inclusive, os reflexos na saúde do contato direto das pessoas com os ambientes naturais. “Agora em 2022 existem vários projetos em andamento. Então, a ideia é justamente ir além nessa pesquisa que pode ser muito promissora”, finaliza ela.

Fotos de flores coloridas compõem o banco de imagens.  — Foto: Maria Júlia Araújo/g1
Fotos de flores coloridas compõem o banco de imagens. — Foto: Maria Júlia Araújo/g1

Fonte: https://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/terra-da-gente/noticia/2021/12/31/estudo-avalia-impacto-da-natureza-em-tratamento-de-pacientes-com-cancer.ghtml