Maior incêndio florestal dos EUA gera “nuvens de fogo”, fumaça e cinzas; veja momento

Fenômeno chamado de “Pyrocumulus” dificulta combate às chamas. Satélite da Nasa capta efeito que pode se estender por mais de 160 quilômetros
Maior incêndio florestal dos EUA gera

Por Redação, do Um Só Planeta

Enquanto Alemanha e Bélgica enfrentam enchentes históricas, que já mataram mais de 120 pessoas e deixaram ao menos 1000 desaparecidos, do outro lado do oceano Atlântico, os Estados Unidos ardem sobuma das piores temporadas de incêndios florestais no oeste americano.

A temporada chegou mais cedo e mais violenta do que o normal devido às condições de seca e ao calor recorde, que está complicando os esforços de combate aos incêndios e fazendo com que as chamas se espalhem rapidamente.

Batizado de Bootleg Fire, o incêndio no estado do Óregon é o maior em curso no país, atingindo 976 quilômetros quadrados – maior do que a área da cidade de Nova York. Mais de 90% segue praticamente incontido.

Um dos obstáculos ao combate é a formação das chamadas “nuvens de fogo”, violentas rajadas de labaredas, fumaça e cinzas que ameaçam estruturas e a ação dos bombeiros.

Satélites da agência espacial americana, Nasa, mostram a força do fenômeno chamado de “Pyrocumulus” (daí o nome “nuvens de fogo”), que pode se estender por mais de 160 quilômetros.

Em Óregon, os bombeiros dizem que as “nuvens de fogo” estão se formando entre 15h e 17h todos os dias, conforme o sol penetra na camada de fumaça e aquece o solo abaixo, criando uma corrente ascendente de ar quente.

Atualmente, há pelo menos 70 incêndios florestais queimando no oeste dos Estados Unidos.

Foto: MediaNews Group/Getty Images

Matéria Original: https://umsoplaneta.globo.com/clima/noticia/2021/07/17/maior-incendio-florestal-dos-eua-gera-nuvens-de-fogo-fumaca-e-cinzas-veja-momento.ghtml