Desmatamento no Bioma Cerrado no ano de 2020 foi de 7.340 km²

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) divulga os dados de desmatamento no bioma Cerrado para o ano de 2020, que totalizou 7.340 km2 correspondente ao período de agosto de 2019 a julho de 2020. Esse valor representa um aumento de 13% em relação ao ano de 2019, último período divulgado.

por INPE

Esse resultado é proveniente do projeto PRODES Cerrado, desenvolvido e operado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) com apoio dos ministérios do MMA e do MCTI, sendo financiado pelo Programa de Investimento Florestal (FIP) do Banco Mundial. Para o mapeamento, o projeto utiliza 118 imagens do satélite Landsat ou similar para identificar, mapear e quantificar as áreas maiores que 1 hectare onde a vegetação nativa foi suprimida, independente da utilização subsequente dessas regiões.

A Tabela 1 mostra a área de vegetação nativa suprimida no Bioma Cerrado no ano de 2020 para cada estado. O Estado do Maranhão foi o que apresentou a maior área de vegetação nativa suprimida com 1.836,14 km2, seguido pelo Tocantins (1.565,88 km2) e Bahia (919,17 km2).

Tabela 1 – Área de vegetação nativa suprimida no Bioma Cerrado em 2020 em cada estado

EstadoPRODES 2020 (km2)Contribuição (%)
Bahia919,1712,52
Distrito Federal4,780,07
Goiás724,569,87
Maranhão1.836,1425,01
Mato Grosso727,209,91
Mato Grosso do Sul309,794,22
Minas Gerais637,918,69
Paraná1,260,02
Piauí605,948,25
Rondônia0,060,00
São Paulo8,260,11
Tocantins1.565,8821,33
TOTAL7.340,94100,00

A Tabela 2 apresenta a variação da área de vegetação nativa suprimida entre os anos de 2019 e 2020. No total essa variação foi de 13%, que representa um aumento de 856,65 km2 na remoção da cobertura natural em relação a 2019.

Tabela 2 – Valores absolutos e variação percentual para cada estado em km2.

EstadoPRODES 2019PRODES 2020DiferençaVariação (%)
Bahia832,42919,1786,7510,42
Distrito Federal2,514,782,2790,39
Goiás651,36724,5673,2011,24
Maranhão1.309,501.836,14526,6440,22
Mato Grosso931,07727,20– 203,87-21,90
Mato Grosso do Sul294,35309,7915,445,24
Minas Gerais496,71637,91141,2028,43
Paraná0,681,260,5885,31
Piauí463,77605,94142,1730,66
Rondônia0,240,06– 0,18-74,04
São Paulo6,118,262,1535,23
Tocantins1.495,691.565,8870,194,69
TOTAL6.484,297.340,94856,6513,21
Fonte: INPE

A Tabela 3 apresenta a extensão da área de vegetação nativa suprimida no Bioma Cerrado, por ano, desde 2001 a 2020, toda a série histórica gerada pelo INPE. Para os biênios 2001-2002, 2003-2004, 2005-2006, 2007-2008, 2009-2010 e 2011-2012, foi feito um mapeamento, e atribuiu-se a cada um dos anos a metade do incremento do respectivo biênio. Para o período compreendido entre 2013 e 2020 o mapeamento é anual.

Tabela 3 – Incremento anual da área de vegetação nativa suprimida por estado (km2).

ANOBADFGOMAMTMSMGPRPIROSPTO
20012.285136.6212.3045.3172.8296.4582948021832.904
20022.285136.6212.3045.3172.8296.4582948021832.904
20032.700826.1732.8466.6302.3494.729161.11962103.079
20042.700826.1732.8466.6302.3494.729161.11962103.079
20051.800272.4602.3762.7321.5812.7912697602142.629
20061.800272.4602.3762.7321.5812.7912697602142.629
20072.010101.5042.8331.9897892.15236381561.798
20082.010101.5042.8331.9897892.15236381561.798
20091.209121.4601.6941.0005171.357218320721.820
20101.209121.4601.6941.0005171.357218320721.820
20111.52469731.4321.0333941.47229390241.741
20121.52469731.4321.0333941.47229390241.741
20131.562111.5021.5911.7574951.95331.3261432.817
20141.079201.1821.8341.0102791.94881.1720502.243
20151.33551.2181.6561.6966251.19878470253.063
201678236471.2291.1653423293701031.587
201778358421.4811.1042855122599041.693
201869787131.47098825847114830151.530
201983226511.3099312944961463061495
202091957251.8367273106381606081.566
Total31.04535945.86239.37646.78019.80645.46322016.165191.67243.936
fonte: inpe

A Figura 1 mostra uma comparação gráfica entre a extensão da área de vegetação nativa suprimida no período de 2001 a 2020.

Figura 1 – Gráfico do desmatamento no Bioma Cerrado por ano. Fonte: INPE

Além das tabelas que consolidam os valores de área de vegetação natural suprimida apresentadas nessa nota, o INPE também disponibiliza os dados espacializados, que podem ser visualizados através de portal internet no endereço http://terrabrasilis.dpi.inpe.br.

Esse portal também apresenta um ambiente de consultas prontas sobre esses dados, para serem consumidas no ambiente da internet, permitindo ainda o download dos mapas e dos dados tabulares.

INPE: http://www.inpe.br/noticias/noticia.php?Cod_Noticia=5643