‘Não pode haver sustentabilidade debaixo da ocupação’, diz representante da Palestina

O representante da Autoridade Nacional Palestina na Rio+20, chanceler Ryad Maliki, disse em seu discurso ao plenário da conferência que “não pode haver sustentabilidade debaixo da ocupação”.

Ele lembrou que 132 países, incluindo o Brasil, já reconheceram o Estado palestino em Gaza e na Cisjordânia, com capital em Jerusalém Oriental, mesmo sem um acordo de paz com Israel que leve à desocupação total desses territórios, pedida em resoluções do Conselho de Segurança da ONU.

Maliki disse que o fato de Israel manter grande parte da Cisjordânia e o setor árabe de Jerusalém, onde vivem mais de 400 mil colonos israelenses, impedem a integração econômica dos territórios palestinos.

Além disso, não há ligação terrestre nem relação política entre a Cisjordânia, sede da Autoridade Palestina, e Gaza, que foi desocupada por Israel, mas é controlada pelo grupo islâmico Hamas. O grupo venceu eleições legislativas em 2006, mas seu governo não foi reconhecido por EUA e europeus.

Fonte: Folha.com
'Não pode haver sustentabilidade debaixo da ocupação', diz representante da Palestina

'Não pode haver sustentabilidade debaixo da ocupação', diz representante da Palestina