Metade das aves marinhas tem população em declínio

Quase metade das aves marinhas (47%) tem populações que estariam em declínio, de acordo com um novo estudo da Bird Conservation International. O estudo considerou o estado de 346 espécies.

Segundo o instituto, 28% das espécies são classificadas como na categoria de alto risco. Os conservacionistas estão particularmente preocupados com os albatrozes.

As ameaças às aves incluem caças e danos às colônias de reprodução causados por ratos e outras espécies invasoras.

As aves marinhas correspondem a uma pequena proporção (3,5%) de todas as espécies de aves existentes. Mas, segundo os pesquisadores, elas são um indicador importante da saúde dos oceanos.

— Estas aves estão no topo da cadeia alimentar de seus sistemas marinhos — alertou o diretor responsável pelo levantamento, John Croxall, à BBC. — O fato de tantas espécies enfrentarem ameaças globais deveria nos fazer proteger os locais onde elas estão presentes na terra, assim como nos locais do oceano onde eles se alimentam.

Fonte: O Globo

Pelicano em zoológico de Nova Délhi: caças e espécies invasoras ameaçam aves