Lixo hospitalar encontrado em depósito clandestino era do Hospital da Restauração

Uma operação na manhã desta quarta-feira (21), através da ação conjunta da Vigilância Sanitária do Recife, Delegacia de Meio Ambiente e da Associação Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa) culminou com o fechamento de um depósito de reciclagem, instalado na Rua do Brum, na comunidade do Pilar, no Bairro do Recife.

Através de verificações, foi identificado que o material apreendido era oriundo do Hospital da Restauração, no bairro do Derby. De acordo com a direção da unidade hospitalar, ocorreu uma falha técnica, já que o material deveria ter seguido para incineração.

Um Termo Circunstanciado de Ocorrência foi lavrado, sendo subscrevido pelo responsável pelo galpão e também pela gerente do Programa de Resíduos do HR, Gerluce Monteiro. De acordo com ela, esta foi a primeira vez que houve um erro no programa. O sistema prevê a separação do material destinado à reciclagem e daquele que é encaminhado para a incineração, por oferecer riscos de contaminação.

Os dois foram responsabilizados na Lei de Crimes Ambientais e responderão pelo crime doloso, já que não houve intenção, mas sim negligência por parte do hospital e imprudência da parte do catador.

Fonte: Folha-PE