Espanhóis inspirarão nova base brasileira na Antártica

Desde o final da década de 1990, a Espanha opera duas estações de pesquisas no arquipélago das Ilhas Shetland do Sul, na Antártica. A Juan Carlos I, aberta em 1998 na Ilha Livingston, é a que inspira a nova base brasileira, prevista para ser construída, na melhor hipótese, até 2018 — substituindo a Comandante Ferraz, destruída por um incêndio no fim do mês passado. O fogo provocou a morte de dois militares e, segundo a Marinha, foram destruídas 70% das instalações da base. O governo brasileiro publicou Medida Provisória que libera crédito extraordinário de R$ 40 milhões para a reconstrução da estação.

Veja imagens da base espanhola e de seu projeto de modernização

A base Juan Carlos I está sendo remodelada pela Hugh Broughton Architects, do Reino Unido, experiente em trabalhar em ambientes extremos. A empresa britânica já projetou bases na Antártica para Coreia do Sul, Índia e Reino Unido. No projeto espanhol, estimado em € 30 milhões, trabalha em parceria com engenheiros multidisciplinares.

Fonte: O Globo