Projeto Integrado Socioambiental vai transformar a capital Porto Alegre

Socioambiental devolve o Guaíba aos porto-alegrenses / Associação Gaúcha de Empresas de Obras de Saneamento

 A implantação do Projeto Integrado Socioambiental (Pisa) vai transformar totalmente a relação da cidade com o Guaíba, especialmente pelos efeitos que a retirada de 145 metros cúbicos diários de esgoto não tratado que deixarão de ser jogados no rio.

Mas a dimensão da obra e dos benefícios que ela vai trazer aos porto-alegrenses nem sempre são percebidos com clareza pela população.

Por isso, a compreensão do programa e seu envolvimento financeiro e ambiental recebe atenção da prefeitura, através do Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae), que faz permanente disseminação de informações a respeito do Pisa.

Exemplo disso ocorreu na semana passada quando  um  grupo de  jornalistas fez uma visita técnica às principais frentes da obra.

Na oportunidade, os visitantes receberam um kit com materiais informativos sobre o projeto, entre eles um mapa ilustrado, com informações e dados referentes ao Socioambiental, que prevê a recuperação gradual da balneabilidade das praias do Guaíba, como resultado da ampliação do índice de tratamento de esgotos da Capital dos atuais 27% para 77% até 2012.

O roteiro teve início na Estação de Bombeamento de Esgotos (EBE) Ponta da Cadeia. De lá o grupo de jornalistas seguiu para as obras do emissário terrestre, que passa na lateral do Parque  Marinha do Brasil, junto à orla do Guaíba, e do emissário subaquático, na área do antigo Estaleiro Só.

Na sequência, os comunicadores visitaram as obras da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) na Serraria , que, quando concluída, contará com a possibilidade de tratamento em nível terciário, uma das poucas no Brasil.

A implementação de sistemas de coleta e tratamento de esgoto,o desenvolvimento de  projetos sustentáveis e adequados as realidades regionais e a articulação entre o poder público, setor produtivo e Universidades para a busca de soluções de menor custo e maior resultado social na área doaneamento é uma das propostas defendidas pela Agenda 2020.

Fonte :  informações da Prefeitura / Agenda 2020