Observatório norte-americano vigia atividade vulcânica

 O Museu de História Natural Smithsonian, nos Estados Unidos, mantém uma lista atualizada de vulcões com risco de entrar em erupção. A pesquisa, atualizada semanalmente conta com informações de centros de pesquisa e observatórios no mundo todo. Na lista atual, estão vulcões já famosos pelos problemas que causaram, como é o caso do Puyehue, no Chile.

Quem planejou viagens para Chile e Argentina entre junho e julho sabe bem do que este vulcão é capaz. Suas erupções expeliram colunas de fumaça e cinzas que tornaram o tráfego aéreo no sul da América do Sul inviável. Centenas de voos entre Brasil, Chile e Argentina foram cancelados. Pontos turísticos como Bariloche, na Argentina, perderam centenas de milhares de dólares em poucas semanas, devido à queda no movimento. Apesar de as erupções terem cessado, o vulcão chileno ainda representa riscos.

Outra “celebridade” na lista é o vulcão Etna, localizado na Sicília, ilha ao sul da Itália. O Etna entrou em seu período mais intenso de atividade em 1995, mas foi em 2005 e 2006 que ele chamou a atenção do mundo com violentas erupções. Veja nas fotos ao lado onde estão os vulcões com riscos de entrar em erupção.

 

Fonte:Exame-Economia