Lixo hospitalar vindo dos EUA é apreendido no Porto de Suape (PE)

Lençóis, seringas e luvas usadas foram encontradas pela Receita Federal.
Documentação afirmava que a carga era de tecidos com defeito.

Um contêiner vindo dos Estados Unidos e contendo lixo hospitalar foi apreendido pela Alfândega da Receita Federal, no Porto de Suape, em Ipojuca, no Grande Recife, na tarde desta terça-feira (11). Lençóis sujos, seringas, luvas usadas, entre outros objetos, estavam no contêiner.

Na documentação de importação, constava que a carga era formada por tecidos com defeito, que seriam enviados à cidade de Santa Cruz do Capibaribe, uma das integrantes do polo têxtil do Agreste pernambucano.

A carga foi inspecionada pelos auditores-fiscais da Receita Federal que, com o achado, acionaram a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para fazer a análise do material.

Na próxima quinta, a Anvisa deve divulgar um laudo oficial sobre o caso, o que vai permitir à Receita Federal tomar as medidas necessárias em relação aos envolvidos com essa importação fraudulenta. Os nomes das pessoas e empresas envolvidas não foram divulgados, por causa do sigilo fiscal.