Justiça concede liminar contra lei de sacolas plásticas

O Tribunal de Justiça derrubou, em caráter liminar, a lei que proíbe a distribuição de sacolinhas plásticas em supermercados na cidade de São Paulo.

A decisão foi tomada na quarta-feira e publicada ontem no “Diário da Justiça”.

A lei havia entrado em vigor em maio, mas garantia um período de adaptação aos estabelecimentos comerciais até 31 de dezembro.

O Sindicato da Indústria de Material Plástico do Estado de São Paulo foi quem entrou com a ação.

 

Fonte: Folha de São Paulo