5 iniciativas brasileiras entre as 100 presentes no Livro Verde do Século 21

Parque Barigui _ Curitiba _ Foto : Divulgação .Projetos sustentáveis brasil / LIVRO VERDE

Imagine poder encontrar em um só livro 100 casos de sustentabilidade entre ações sócio-ambientais, comunicação, tecnologia e finanças? O Conselho Euro Brasileiro de Desenvolvimento Sustentado – EUBRA e ONU Habitat está tornando isso realidade.

Além do Conselho Consultivo do Bright Green Cities, entidades ligadas a tecnologias limpas e desenvolvimento sustentável, e votos pela internet escolheram entre mais de 300 tecnologias selecionadas. Dessas 300, 51 eram brasileiras e, ao final da votação, 5 entraram para a lista das “100 melhores” que figuram no Livro Verde do Século 21 (originalmente chamado de “Bright Green Book“).

Pode não parecer muito, mas mostra que o Brasil tem olhado um pouco mais para a sustentabilidade nos últimos anos. O reconhecimento de figurar em uma lista tão importante talvez não valha nem pelo prestígio, mas sim pelo incentivo a futuros projetos sustentáveis que devemos cultivar.

O blog Ideias Verdes, da Super Interessante, separou as 5 iniciativas brasileiras:

Projeto de Horticultura Cinturão Verde em João Pessoa: Programa de incentivo à agricultura familiar para produção orgânica de hortaliças sem o uso de defensivos e fertilizantes químicos. Os agricultores recebem capacitação para os cultivos e financiamento por meio do Programa Nacional de Agricultura Familiar (PRONAF). O projeto visa oferecer condições para que as famílias produzam melhor, aumentem a renda e mantenham-se em seus locais de origem (sem necessidade de migração para centros urbanos).

Desenvolvimento Urbano de Curitiba: É considerada a “cidade mais verde da América Latina” em função do plano diretor que integra transportes, circulação e uso da terra (com preservação de áreas verdes). Segundo o Livro, a cidade “consegue mostrar que ter uma política de desenvolvimento consistente e de longo prazo traz efetivamente benefícios para toda a população e ao meio ambiente de forma equilibrada.”

Fruticultura Irrigada no Polo Agroindustrial de Petrolina-Juazeiro: Onde estão os maiores produtores de manga e uva do país (Petrolina tornou-se o segundo maior centro vinícola brasileiro). Com a formação do Polo, os produtos da região ganham valor, melhoram a renda dos trabalhadores e o cultivo torna-se mais vantajoso que atividades como criação de gado e plantação de soja.

Universidade Estadual do Ceará – Vacina contra dengue produzida do feijão: Os pesquisadores da Universidade desenvolveram a vacina que combate quatro tipos de manifestação do vírus. O baixo custo de fabricação é uma das vantagens da tecnologia, que utiliza o chamado “feijão de corda”.

Fundação Gaúcha de Bancos Sociais – Banco de Resíduos: O projeto une ações entre geradores de resíduos e possíveis “usuários”, o que possibilita o aproveitamento econômico do que é descartado (o que é lixo para uns, pode ser matéria-prima para outros).

No site oficial, você pode fazer o download completo do Bright Green Book.

Fonte : Fujiro Ecotêxtil