Meio ambiente e sustentabilidade: ação conjunta inicia recuperação do lixão

Uma equipe da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos (SOSU), iniciou nesta terça-feira (02), o projeto de revitalização do espaço usado como depósito do lixo doméstico, na Estrada Alzira. O espaço será cercado, aterrado e arborizado. A previsão é que os trabalhos levem um mês para ser executados. Mil mudas de espécies nativas como ipê e jatobás serão plantadas no local. O projeto de revitalização conta com o apoio das Secretarias de Meio Ambiente, Agricultura e da Embrapa.
 Em média, diariamente 89 toneladas de lixo são recolhidas em Sinop, chegando a 2.314 mensais, com 26 dias de recolha/mês. O local vem sendo usado há mais de dez anos para depósito. O projeto de revitalização será executado em etapas. Primeiramente um hectare será recuperado.  As secretarias envolvidas na recuperação iniciaram um trabalho para a elaboração do projeto de aterro sanitário que possibilitará a recuperação de toda a área, já que os resíduos sólidos serão destinados a local com adequadas condições para recebimento.
O prefeito Aumeri Bampi destaca que o plano de gerenciamento de resíduos sólidos já foi protocolado no Ministério do Meio Ambiente em Brasília, bem como junto ao Ministério das Cidades e Secretaria de Estado de Meio Ambiente. O plano contempla 31 metas, ente as quais estão recursos na ordem de R$ 10 milhões para a construção de um aterro sanitário, recuperação de áreas degradadas, implantação da coleta seletiva de lixo, de cooperativas de catadores, prevendo a correta destinação. “A partir de novembro as linhas de crédito da Caixa Econômica e do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) para obtenção de recursos estarão liberadas e o município irá buscar as duas linhas para ver em qual será possível obter recursos e executar o projeto”, explica Aumeri.
Entre as ações imediatas de revitalização está também a destinação de um novo espaço para o depósito de resíduos sólidos como galhos de árvores e sobras de materiais de construção plenamente adequado á legislação. “O espaço está sendo viabilizado e nos próximos dias faremos reuniões com jardineiros e podadores para discutir o assunto. A gestão municipal está comprometida em adequar, recuperar e revitalizar áreas degradadas”, finaliza o prefeito.

Fonte: Expresso MT

FanPage AmbientalSustentávelCurta nossa página do facebook
Meio ambiente e sustentabilidade: ação conjunta inicia recuperação do lixão

Meio ambiente e sustentabilidade: ação conjunta inicia recuperação do lixão

Print Friendly, PDF & Email