Onda de calor na Itália faz com que caracóis sejam cozidos vivos dentro de suas conchas

Na última quarta-feira (11/8), a ilha de Sicília registrou 48,8°C, a maior temperatura já registrada na história na Europa

14/08/2021 16h24  Atualizado há um dia

Onda de calor na Itália faz com que caracóis sejam cozidos vivos dentro de suas conchas
Foto: Getty images

Por Um Só Planeta

onda de calor brutal que atingiu toda a Itália na última semana foi tão intensa que caracóis foram encontrados mortos na cidade siciliana de Floridia, após serem cozidos dentro das suas próprias conchas.

Na última quarta-feira (11/8), a ilha italiana da Sicília pode ter enfrentado a maior temperatura já registrada na história na Europa, com os termômetros marcando 48,8°C. De acordo com a Organização Meteorológica Mundial (OMM), o recorde anterior era de 48°C, registrado na Grécia, em 1977.

Um agricultor da região, disse em entrevista ao The New York Times, que o calor foi tanto que fez com que os pés dos caracóis se queimassem enquanto se moviam pelo solo. A onda de calor e a seca também têm levado a grandes incêndios florestais no país.Grécia registra onda histórica de calor

Na segunda-feira (9/8), o relatório histórico do IPCC concluiu que é indiscutível que a emissão de gases de efeito estufa causado pela ação humana levou ao aquecimento global e já levou a “mudanças rápidas e generalizadas” no planeta.

Matéria Original: https://umsoplaneta.globo.com/clima/noticia/2021/08/14/onda-de-calor-na-italia-faz-com-que-caracois-sejam-cozidos-vivos-dentro-de-suas-conchas.ghtml