Notice: Undefined offset: 0 in /home/dh_pztkek/ambientalsustentavel.org/wp-includes/capabilities.php on line 149

Canadense cria tênis que vira macieira depois de descartado

Designer tem campanha de crowdfunding para lançar a marca Johnny, de tênis biodegradáveis

Johnny, o tênis que se torna uma macieira depois de descartado (Foto: Divulgação)
Johnny, o tênis que se torna uma macieira depois de descartado (Foto: Divulgação)

Existe uma antiga lenda nos Estados Unidos e no Canadá que conta a história de um homem chamado Johnny Appleseed, que andava pela divisa dos dois países espalhando sementes de macieiras ao longo das estradas. Essa foi a inspiração para o designer Luc Houle, de 33 anos e morador de Toronto, no Canadá, para começar seu negócio.

Houle é fundador da marca Johnny, uma empresa de calçados biodegradáveis. A ideia do empreendedor é simples: criar um tênis com sementes de macieiras que possa ser descartado no meio ambiente. Depois do produto se decompor, pés de maçã ocupam o seu lugar.

Para tirar a ideia do papel, o jovem empresário lançou sua ideia no site Kickstarter, plataforma de crowdfunding. A meta é captar US$ 55 mil (aproximadamente R$ 307 mil) para levar o produto ao mercado. O protótipo não tem nenhum tipo de plástico, e todos os materiais que o compõe são biodegradáveis e resistentes à água.

Tênis biodegradável da Johnny (Foto: Divulgação)
Tênis biodegradável da Johnny (Foto: Divulgação)

Segundo Houle, os consumidores devem ficar tranquilos, porque os Johnnys não vão se decompor enquanto estiver usando — a ideia é que a duração do produto seja de anos. Quando a pessoa estiver cansada do sapato, pode enterrar na terra, porque o tênis carrega dentro de sua composição uma semente de maçã envolvida em um fertilizante natural.

A meta do empreendedor é lançar o sapato pelo valor de US$ 109 (aproximadamente R$ 600), e alcançar um número amplo de usuários até agosto de 2022. “Um tênis que se transforma em árvore nos ajuda a compensar a pegada de carbono e a eliminar o uso de plástico”, disse ao portal Good News.

Fonte: https://revistapegn.globo.com/Startups/noticia/2021/11/canadense-cria-tenis-que-vira-macieira-depois-de-descartado.html