Vettel é crítico da F1 quando o assunto é meio ambiente

Imagem: Diário Prime

por F1 Mania

Sebastian Vettel se preocupa muito com o meio ambiente e com o mundo ao seu redor. Ele é, portanto, muito crítico sobre o papel da Fórmula 1 neste assunto.

Vettel acredita que a Fórmula 1 deve assumir um papel muito mais pioneiro quando se trata de inovação e respeito ao meio ambiente. Como exemplo, ele cita que a F1 tornará 10% do biocombustível obrigatório a partir de 2022. “Isso não é uma inovação. Por que a F1 está tão atrasada? Há uma grande oportunidade de garantir sua existência com autenticidade. Mas isso está sendo ignorado”, disse o alemão no Frankfurter Allgemeine.

“Acho que é justamente esse papel pioneiro que pode garantir a sobrevivência do nosso esporte. Temos o motor de combustão interna mais eficiente do mundo, mas é inútil para o mundo, porque a forma como o usamos nunca vai encontrar o seu caminho na produção em série.”

O tetracampeão mundial não acredita que as finanças tenham um papel nisso, por exemplo, devido aos altos custos de desenvolvimento. “A F1 sempre custou muito dinheiro. E a competição e a ambição sempre abriram carteiras suficientes até agora.”

Ele vê motivos bastante políticos, de que ninguém quer abrir mão de sua vantagem. “Esse parece ser o caso. A seriedade da situação não é compreendida. Acho isso frustrante. Nós sabemos mais, mas não fazemos uso disso. É assim que selamos nosso desaparecimento na irrelevância”, completou.

Formula 1: https://www.f1mania.net/f1/vettel-e-critico-da-f1-quando-o-assunto-e-meio-ambiente/