‘Estrela de Natal’ será visível pela 1ª vez em 800 anos durante a época festiva natalina

A “estrela de Natal” deslumbrará o céu em 21 de dezembro. Os astrônomos se preparam para um acontecimento astronômico muito raro, que envolve os planetas Júpiter e Saturno.

Foto: Sputnik/Vitaly Timkyv

por Sputnik Brasil

Em 21 de dezembro, um ponto brilhante aparecerá no céu durante a noite. Os astrônomos o apelidaram de “estrela de Natal”, pelo seu surgimento durante a época festiva natalina.

No entanto, o ponto não é uma estrela, mas na verdade a conjunção entre os dois maiores planetas do Sistema Solar: Saturno e Júpiter, de acordo com a revista Astronomy.

Ambos os planetas serão facilmente observados, e vão aparecer como se fossem uma estrela ao lado da Lua. Sua total proximidade permitirá a apreciação dos planetas como se fossem um único ponto brilhante.

Quando planetas se encontram tão perto uns dos outros no céu noturno, sua proximidade é chamada de Grande Conjunção.

A última vez que esses planetas se encontraram dessa maneira, perto das comemorações do Natal, foi em 1226. Agora, só em 2080, que o evento acontecerá novamente.

“Júpiter e Saturno formarão a rara ‘estrela de Natal’ no solstício de inverno. Durante o acontecimento, os planetas estarão apenas à 0,1 grau de distância, ou apenas um quinto da largura da Lua”, segundo a revista Astronomy.

Júpiter é o planeta mais brilhante, superando o brilho de Saturno em 12 vezes. O gigante gasoso é o segundo objeto mais brilhante no céu atrás apenas da Lua.

A “estrela de Natal” composta por Júpiter e Saturno será fácil de ser localizada, os planetas serão um belo ponto brilhante ao lado da Lua.

https://br.sputniknews.com/ciencia_tecnologia/2020120916586323-estrela-de-natal-sera-visivel-pela-1-vez-em-800-anos-durante-a-epoca-festiva-natalina/