De deserto a zona verde: Um caso de sucesso na China

Por Green Savers

Foto: Green Savers (Reprodução)

O esforço e a resiliência humana podem criar espaços únicos e benéficos para o ambiente a longo prazo. Na China, uma comunidade conseguiu fazer a diferença em 1959, e os resultados observados são muito positivos.

O Deserto Mu Us situa-se na província de Xianxim, no norte da China, e 93% da sua área é hoje verde. Ao longo de 400 quilómetros encontram-se árvores e plantas, que são a prova do sucesso de uma iniciativa que surgiu há 61 anos atrás.

Nos anos 50, as comunidades locais estavam a sofrer com as tempestades de areia vindas do deserto, inclusive a cidade de Yulin teve de se ‘deslocar’ cerca de três vezes. Assim, as pessoas uniram-se e começaram um projeto, em que decidiram plantar árvores no terreno.

Atualmente, a ideia mantém-se e continua a fazer diferença. Segundo o Intelligent Living, só no primeiro trimestre de 2020, 41 empresas chinesas plantaram em mais de 30 mil hectares do deserto.

Pode observar as diferenças nestas imagens via satélite da cidade de Yulin:

Green Savers PT https://greensavers.sapo.pt/de-deserto-a-zona-verde-um-caso-de-sucesso-na-china/