Projeto amplia pesquisa para avanço sustentável no MT

Projeto amplia pesquisas no noroeste do Mato Grosso e ajuda a valorizar os recursos naturais do bioma amazônico. Com o nome de Plataforma Experimental Para a Gestão dos Territórios Rurais da Amazônia Legal (Petra), a iniciativa da Peugeot, ONF Internacional e do Fundo Francês para o Meio Ambiente Mundial (FFEM) visa incentivar o desenvolvimento social, ambiental e econômico da região.

A iniciativa está focada no incremento da silvicultura, monitoramento da biodiversidade e carbono e nos estudos sobre ciências econômicas e sociais aplicadas. O objetivo é incentivar a gestão sustentável dos recursos naturais melhorando os sistemas locais de produção e estimulando a conservação da biodiversidade, por meio de programas de pesquisa.

Para isso, o Petra vai apoiar pós-graduandos franceses e brasileiros. Além de ampliar o acompanhamento do programa de cooperação da Peugeot e ONF, o Poço de Carbono Florestal Peugeot-ONF, o projeto também vai auxiliar os pequenos produtores locais a desenvolver sistemas agroflorestais.

Segundo o presidente do Conselho Científico do Poço de Carbono Peugeot-ONF, Marcel Bursztyn, o Petra vai ajudar a consolidar e difundir os resultados do Poço de Carbono. “E é também uma importante fonte de inspiração para as políticas públicas destinadas a promover a preservação da floresta amazônica”, afirma.

Fonte: Terra