Sustentabilidade é o tema da 71ª reunião plenária do ICAC

A 71ª reunião plenária do International Cotton Advisory Committee (ICAC) terá início neste domingo (7) em Interlaken, na Suíça. O ICAC é uma associação governamental composta por membros de 41 países de todos os continentes, que tem a missão de prover informações e sugestões para solução de problemas, servir de elo entre a cadeia produtiva, comercial e o consumidor final, assim como assistir os governos das nações produtoras na elaboração de políticas econômicas para o setor da cotonicultura, visando estimular uma economia mundial mais saudável no que concerne ao algodão.

O Brasil estará representado no evento pelo presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), Sérgio De Marco, ex-presidente da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (AMPA). “O encontro do ICAC é um dos mais importantes do mundo do algodão. A Abrapa comparece anualmente e faz parte dos principais painéis, sempre representando e defendendo o algodão brasileiro”, afirma De Marco.

O diretor executivo da AMPA, Décio Tocantins também acompanhará o encontro do ICAC, que terá ainda como delegados da Abrapa o gestor de sustentabilidade da entidade, Denilson Galbero, e o produtor João Luiz Ribas Pessa, membro do Conselho Consultivo da AMPA. Sávio Pereira e José Maria dos Anjos, ambos da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), integram a comitiva brasileira, juntamente com Andrew Macdonald, da Amcon Consulting.

Macdonald é chairman de um dos grupos do ICAC, o CSITC, que tem como propósito estudar e incentivar a adoção universal de um sistema único de classificação e de aferição da qualidade do algodão, para que “uma mesma língua” seja adotada por todos os países, quer sejam produtores ou consumidores. O ex-presidente da AMPA, João Luiz Ribas Pessa, integra o grupo CSITC e faz parte do Painel Consultivo do Setor Privado (PSAP), que se reúne periodicamente para levantar propostas e sugestões de ações a serem levadas à apreciação dos representantes dos países membros do ICAC nas reuniões plenárias.

Discussão global – Até o final da próxima semana, as delegações dos países membros assistirão a palestras cujo tema central é a sustentabilidade da cadeia do algodão. Como se aplica o conceito da sustentabilidade nos países desenvolvidos e em desenvolvimento, produtores e consumidores? O papel da indústria, do comércio varejista e de outros setores quanto à responsabilidade da cadeia algodoeira e como preparar a indústria para os desafios deste século serão alguns dos tópicos abordados na reunião plenária do ICAC de 2012.

O ICAC foi criado em 1939 e no início apenas países produtores de algodão (como o Brasil, Egito, França, Índia, Sudão e EUA) eram aceitos como membros da entidade. A partir da quarta reunião plenária, ficou decidido que as nações envolvidas na exportação e importação do algodão também poderiam fazer parte do Comitê. A sede da entidade continua sendo Washington, D.C. Desde 2000, os produtores brasileiros têm participado ativamente das reuniões anuais do ICAC, que, a cada ano, têm como sede um dos países membros.

Fonte: Agronotícias

FanPage AmbientalSustentávelCurta nossa página do facebook
Sustentabilidade é o tema da 71ª reunião plenária do ICAC

Sustentabilidade é o tema da 71ª reunião plenária do ICAC