País quer apoio do Pnuma para Passaporte Verde na Copa

O governo brasileiro pede apoio ao Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) para incrementar o uso do Passaporte Verde na Copa do Mundo de 2014. “Estamos pensando em inovações consideráveis para comunicar e relacionar locais e ações sustentáveis nas cidades e, também, atrair a adesão das pessoas, para que adotem estas ações durante o evento”, explica o coordenador da Câmara Temática Nacional de Meio Ambiente e Sustentabilidade para a Copa do Mundo de 2014, Cláudio Langone.

Langone diz que a expectativa é rastrear a adesão das pessoas às práticas sustentáveis previstas para os dias do evento, como as instalações dos estádios. “Nossa prova de fogo será no final da Copa do Mundo, se tiver uma pesquisa aleatória questionando se as pessoas perceberam iniciativas de sustentabilidade durante o evento”, afirma.

“O Passaporte Verde e as Compras e Contratações Sustentáveis são temas que o Pnuma pode nos dar uma contribuição importante e devem ser definidos como prioridades”, afirma Langone. Técnicos do Ministério do Meio Ambiente e da instituição discutem, em Brasília, a parceria que visa divulgar ações ambientais e sustentáveis e reduzir os impactos que setores, como o turismo, podem produzir sobre o meio ambiente.

A proposta brasileira é fazer com o que o passaporte também funcione como estímulo para que torcedores e participantes da Copa do Mundo adotem práticas sustentáveis previstas para as cidades-sede brasileiras.

Fonte: Terra

País quer apoio do Pnuma para Passaporte Verde na Copa

País quer apoio do Pnuma para Passaporte Verde na Copa