Uganda lança seu primeiro carro elétrico nacional

“O veículo acelera muito rápido, o motor é forte e tem marcha-a-ré perfeita. É capaz de subir ladeiras com inclinação de 55 graus, o desempenho foi bom”, declarou Paul Isaac Musasizi, ao jornal local Daily Monitor, ao fim da estreia do Kiira, o veículo elétrico de 2 lugares projetado pela sua equipe.

Musasizi é professor da Universidade Makerere, que fica em um subúrbio de Kampala, capital de Uganda. Ele liderou o grupo de 25 pessoas que ao longo de três anos desenvolveu o veículo.

Nesse primeiro teste, na última terça, o Kiira atingiu 65 km/hora e só mostrou um defeito, a direção puxou um pouco. Logo ela, único item grande importado de um projeto que se orgulha de ser quase 100% nacional. O carroceria do pequeno automóvel é de fibra de vidro, ele oferece dois lugares e tem, hoje, 80 km de autonomia entre recargas. No futuro, com a adição de energia solar, pretende chegar a 200 km de autonomia. Se comercializado, o preço ficará entre 10 e 15 mil dólares.

Uganda fica entre Sudão, Quênia e Tanzânia, tem uma população de 31 milhões de habitantes e renda per capita de 1.000 dólares por ano (cerca de um décimo da brasileira). Depois de ficar conhecido por um período triste, a sanguinária ditadura de Idi Amin dos anos 70, é uma ótima notícia que o país volte ao noticiário por um feito tecnológico.

A equipe já está entusiasmada com o seu próximo projeto: um ônibus elétrico de cerca de 30 lugares para transporte público.

No vídeo abaixo, veja o teste e uma entrevista do prof. Musasizi a NTV, uma TV de Uganda.

Esse é o Kiira, carro elétrico de 2 lugares projetado e construído em Uganda. foto: Faiswal Kasirye

Esse é o Kiira, carro elétrico de 2 lugares projetado e construído em Uganda. foto: Faiswal Kasirye

 

Eduardo Pegurier

Fonte: O Eco