Quati resgata filhote atropelado em rua de Campo Grande

Um morador de Campo Grande registrou em imagens, nesta semana, o momento em que um quati retirou, do meio da rua, outro exemplar da espécie que havia sido atropelado. Segundo o fotógrafo Marcelo Silva de Oliveira, o animal era um filhote e não resistiu aos ferimentos.

Atropelamentos de animais silvestres são comuns na região do Parque dos Poderes, onde o fato ocorreu, de acordo com a Polícia Militar Ambiental. A reserva ecológica de 129 hectares é circundada por ruas e avenidas, e os principais prédios públicos da administração estadual estão instalados na área.

O major Ednilson Queiroz, da PMA, explica que os quatis andam em bando e têm hábitos alimentares diurnos e noturnos. Os animais se alimentam de frutas e carne, e com frequência são vistos remexendo lixo das residências no entorno do parque, em busca de comida.

O oficial da polícia ambiental faz um alerta aos motoristas que transitam pelo Parque dos Poderes. “O condutor deve seguir as placas indicativas e diminuir a velocidade quando avistar algum animal silvestre. Eles têm prioridade”, diz Queiroz. Ainda segundo o major, a corporação resgata diariamente de cinco a seis animais silvestres em áreas urbanas.

Fonte: G1

 

Quati cruza rua para resgatar filhote atropelado... (Foto: Divulgação/Marcelo Silva de Oliveira)

Quati cruza rua para resgatar filhote atropelado... (Foto: Divulgação/Marcelo Silva de Oliveira)

...abocanha-o sob a atenção de alguns motoristas... (Foto: Divulgação/Marcelo Silva de Oliveira)

...abocanha-o sob a atenção de alguns motoristas... (Foto: Divulgação/Marcelo Silva de Oliveira)

 

... e chega em segurança à calçada. (Foto: Divulgação/Marcelo Silva de Oliveira)

... e chega em segurança à calçada. (Foto: Divulgação/Marcelo Silva de Oliveira)