Bosque dos Papagaios dispõem de ações diárias para atrair visitantes

Após inaugurado em apenas seis meses de funcionamento, o Parque Ecológico Bosque dos Papagaios, em Boa Vista no bairro Paraviana, recebeu 3.471 pessoas que buscaram o espaço para fazer caminhadas, obter informações ambientais ou apenas apreciar a natureza.

O Parque Ecológico Bosque dos Papagaios, atendido pela Prefeitura de Boa Vista, é uma área de 12 hectares de conservação ambiental localizada em ambiente urbano, e é a principal ferramenta pedagógica da fomentação da Educação Ambiental do Município.

Com a prática “Nas Trilhas da Conservação”, a Secretaria Municipal de Gestão Ambiental e Assuntos Indígenas desenvolve ações diárias sobre a difusão da educação ambiental envolvendo crianças da Rede Municipal de Ensino, escolas particulares, estaduais, acadêmicos, servidores de empresas, docentes e a comunidade em geral.

Esta ação rotineira é o principal trabalho desenvolvido no Parque Ecológico Bosque dos Papagaios, que dispõem de uma área verde de conservação dentro do contexto urbano, onde os visitantes podem interagir com a natureza e aprender um pouco mais sobre a biodiversidade roraimense.

A idéia é fazer com que o indivíduo se conscientize sobre a importância do meio ambiente e o utilize de forma sustentável. Segundo a secretária Municipal de Gestão Ambiental e Assuntos Indígenas, Dilma Costa, o projeto “Nas Trilhas da Conservação” busca alcançar a sociedade em geral e os mais diversos públicos da cidade.

“Nas Trilhas da Conservação os técnicos utilizam uma linguagem clara na difusão das informações educativas. Os educadores atuam diretamente com o público, através de atividades educacionais e lúdicas”, explicou Dilma.

PRINCIPAIS AÇÔES

“Trilhas Ecológicas”: O espaço físico do Bosque dos Papagaios possui seis trilhas ecológicas interpretativas, com sinalizações em algumas espécies de árvores e nos animais taxidermizados.

O Bosque dos Papagaios está adaptado conforme as normas de acessibilidade dos Portadores de Necessidades Especiais. As trilhas proporcionam uma interação do público com o ambiente natural, despertando o senso crítico no tratar de diversas temáticas: fauna, flora, conservação ambiental, tráfico e maus tratos de animais, resíduos sólidos, dentre outros. “Tela Verde”: Essa ação tem como finalidade exibir filmes e vídeos educativos que tratam as questões ambientais e soluções para a conservação do meio ambiente, despertando senso crítico da sociedade boa-vistense com a realização de debates e reflexões após a atividade.

Vinculada a esta ação, os educadores do Bosque dos Papagaios também ministram palestras abordando as problemáticas ambientais locais, propondo soluções simples e sustentáveis.

“Cartilha – Uma Visita ao Bosque dos Papagaios”: O material possui 26 páginas do formato A4, impressas em papel reciclado. Sua ilustração trabalha a coordenação motora por meio da pintura, além da linguagem clara que proporciona um fácil entendimento.

A primeira edição foi lançada em julho de 2010, abordando temáticas ambientais, como animais e plantas da região, queima de lixo urbano, a história e o cotidiano do parque, além da Declaração Universal dos Direitos dos Animais. A publicação propõe uma educação por meio do lúdico, em que a criança aprende brincando.

Fonte : BV NEWS