Associação Dragoeiro promove iniciativas para os jovens

Ilha da Madeira _ Portugal / Foto : Divulgação


A Associação Cultural Dragoeiro tem desenvolvido várias iniciativas com os jovens de São Gonçalo. Muitas das suas acções envolvem idosos e a comunidade em geral, apostando assim no intercâmbio intergeracional. Ao longo dos seus oito anos de trabalho, a adesão de voluntários tem vindo a crescer.

A Associação Cultural Dragoeiro trabalha há oito anos com os jovens de São Gonçalo, onde tem a sua sede, desenvolvendo actividades para a ocupação dos seus tempos livres. De carácter juvenil, esta Associação tem  iniciativas destinadas a jovens, idosos e comunidade em geral e leva a cabo várias actividades a começar pelas marchas nos santos populares, provas desportivas, actividades recreativas, caminhadas, viagens culturais, formações, entre outras.

Além destas acções, a Associação dinamiza projectos em parceria com entidades regionais, como é o caso da Direcção Regional de Juventude, através dos programas de “Voluntariado Juvenil” e “Juventude em Acção”. A par destes projectos, a “Dragoeiro” é ainda representada em eventos regionais, nacionais e internacionais.

No que respeita ao plano regional, a referida Associação participou no “Encontro Regional de Políticas de Juventude”, no “Fórum Regional da Estratégia Nacional para a Inclusão Social do Programa Juventude em Acção” e, mais recentemente, nos Encontros Regionais de Associações Juvenis. Já no âmbito nacional, esta Associação marcou também presença no “Encontro Nacional de Políticas de Juventude” e no “Fórum Ibérico de Voluntariado”.

Contudo, a lista de presenças é mais extensa quando se fala em parcerias com associações estrangeiras. Desta forma, e no âmbito do programa comunitário Juventude em Acção, a Associação Dragoeiro, enviou em 2004 um jovem madeirense para Itália, no âmbito do programa de Serviço Voluntário Europeu. Em 2007 e 2008, realizou-se na Madeira o “Training Course” no qual estiveram participantes de Portugal, Espanha, Itália, Grécia, Suécia, Reino Unido, Polónia e Lituânia. Em 2008/2010, a Associação Dragoeiro participou na Iniciativa Jovens – Associações em Rede que teve a participação de 30 associações regionais, de diversos âmbitos de actuação, cuja temática foi o estabelecimento de redes de parceria e o desenvolvimento da criatividade na prática associativa.

Ainda este mês, e em parceria com uma associação da Polónia, Stowarzyszenie Edukacja Czlowieka Doroslego – Adult Education Association, foi desenvolvida uma Iniciativa de Jovens Transnacional e que a Associação Dragoeiro também marcou presença, tal como instituições da Noruega, República Checa, Letónia e ainda dos Açores e Canárias.

De acordo com Cláudia Freitas, membro da direcção da Associação “Dragoeiro, «esta troca de experiências entre diversas organizações de juventude está a ser um sucesso».

Fruto destes contactos internacionais, a Associação Dragoeiro está a obter cada vez mais credibilidade por entre as organizações de juventude europeias e, sempre que a associação recebe um convite para participar em algum evento internacional, está a ter cada vez mais, um maior número de vagas, podendo, desta forma, levar mais jovens a ter novas experiências no estrangeiro.

Desta forma, os jovens através das associações, têm uma maior abertura à multiculturalidade, à mobilidade e à formação, através destas vivências. De acordo com Cláudia Freitas, «esta aprendizagem não académica, é cada vez mais essencial na formação e aquisição de competências».

Relativamente ao futuro da Associação, a direcção pretende dar continuidade à intervenção que tem sido feita até agora, promovendo o voluntariado, os hábitos de vida saudáveis e a inclusão social dos jovens. Os projectos que estão a ser dinamizados pelos técnicos da Associação Dragoeiro serão ainda alvo de algumas mudanças.

Jovens madeirenses estão disponíveis para ajudar

2011 é o Ano Internacional da Juventude e desde o ano passado que a Direcção Regional de Juventude tem desenvolvido várias iniciativas para assinalar a efeméride. Conferências internacionais, sessões de informação para os jovens, projectos e seminários foram algumas das iniciativas desenvolvidas que culminaram com a Semana da Juventude, que terminou a 13 de Agosto.

Um dos pontos altos desta semana foi a Feira Internacional das Associações Juvenis que decorreu no Dolce Vita e que juntou as associações juvenis regionais e que contou, ainda com a presença de associações internacionais. Os jovens presentes debateram, ainda, os problemas emergentes que a juventude actual atravessa.

No final, o director regional de Juventude, Jorge Carvalho, afirma que o balanço foi positivo.

Além disso, está satisfeito com o nível de participação e adianta que a perspectiva da DRJ é que «os jovens estão disponíveis para participar em algo e o sucesso dos nossos projectos passam por aí». Com os jovens motivados, Jorge Carvalho tem trabalhado para criar uma diversidade de associações, desde o âmbito social, teatro, desporto, teatro, música, para cativar o maior número de jovens.

Realçando que, hoje em dia, os jovens não podem apresentar apenas a sua formação académica, Jorge Carvalho prometeu continuar a apoiar os intercâmbios entre associações regionais, nacionais e até internacionais.

Novos convidados

O programa da Rádio Jornal da Madeira que assinala o Ano Internacional da Juventude, “Nosso Ano, Nossa Voz”, foi para o ar no passado dia 12 de Agosto, no Dia Internacional da Juventude. Esta foi uma oportunidade para o director regional de Juventude, Jorge Carvalho, fazer um balanço sobre todas as actividades desenvolvidas ao longo deste ano e que estão a assinalar a efeméride.

Nos estúdios da 88.8 também esteve Cláudia Freitas, membro da direcção da Associação Cultural Dragoeiro, que deu a conhecer o trabalho que aquela instituição tem desenvolvido ao longo dos seus oito anos de trabalho. Uma vez mais, o programa foi conduzido por Marina Silva, coordenadora de produção da 88.8.

Programa na 88.8 é para continuar

Desde Fevereiro deste ano que a 88.8 e o JM têm dado a conhecer as associações juvenis que trabalham na Região, através do programa “Nosso Ano, Nossa Voz”, que assinala o Ano Internacional da Juventude. Pelo estúdio passaram 12 das 67 associações registadas na Direcção Regional de Juventude. Dado o sucesso, o director regional de Juventude, Jorge Carvalho, revelou que o programa é para continuar, dando a possibilidade a outras associações de dar a conhecer o seu trabalho. «Quando falamos destes jovens que se mobilizam nestas dinâmicas estamos a falar de jovens que fazem isso em regime de voluntariado», mesmo estando a trabalhar ou a estudar, salientou o responsável.

Projecto na área da Criatividade Cinética

A Associação Cultural Dragoeiro tem aproveitado os vários projectos do Programa Juventude em Acção para realizar o maior número de iniciativas. E, como tal, já está a equacionar realizar, no próximo ano, uma iniciativa na área da Criatividade Cinética. Esta iniciativa deverá envolver vários países europeus e será destinada aos dirigentes associativos e profissionais activos na área da juventude.

Associação criada em Maio de 2003

A Associação Cultural Dragoeiro foi criada em Maio de 2003, em São Gonçalo, e é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, de carácter juvenil que dinamiza actividades envolvendo jovens, idosos e a comunidade em geral. De entre as várias actividades, organiza as marchas dos santos populares, provas desportivas, actividades recreativas, caminhadas, viagens culturais, formações, entre outras.

Jovens devem aproveitar as oportunidades

Numa mensagem aos jovens, a dirigente da Associação Cultural Dragoeiro apelou aos jovens madeirenses que «comecem cedo» a envolver-se em projectos de voluntariado e a colaborar com organizações juvenis. No seu caso, garante, que se não fosse o associativismo «não teria tido estas oportunidades». Só lamenta não ter participado no Serviço Voluntário Europeu, por isso apela aos jovens madeirenses que se aventurem nestas experiências. Já o presidente da direcção da “Dragoeiro”, Paulo Freitas, deixa a mensagem que os jovens devem ir à conquista dos seus ideais.

O principal enfoque das actividades desenvolvidas pela Associação Cultural Dragoeiro, com sede em São Gonçalo, vai para a promoção e dinamização de actividades culturais e de ocupação dos tempos livres dos mais novos.

Fonte : Jornal da Madeira _ Marília Dantas