A cidade que cresceu graças às bikes, em documentário

Dirigido pelo cineasta Greg Sucharew, o documentário A Cidade das Bicicletas – em fase de pós-produção – mostra a história da cidade de Rivas, em Nicarágua, que se desenvolveu graças a ação da ONG Pedals for Progress, que oferece bicicletas grátis para a população

Há 20 anos, as primeiras bicicletas doadas por americanos chegaram à cidade de Rivas, na Nicarágua, costa do Oceano Pacífico. Depois de décadas de ditadura militar e de uma guerra civil que trouxe destruição e pobreza, a vida de Julia, de Xiomara, de Joaquim, de Davi e de tantos outros começou a mudar. Graças à organização “Pedals for Progress”, mais de 20 mil bicicletas transformaram-se numa ferramenta indispensável para a reconstrução da comunidade e reconquista da mobilidade local. Afinal, por lá, nem sempre é possível fazer a pé os longos trajetos para garantir necessidades básicas como ir à escola ou cuidar da saúde. E os automóveis esbarram na falta de infra-estrutura, como poucas vias asfaltadas e o altíssimo preço dos combustíveis.

Com a bicicleta, um meio de transporte barato e limpo, procurar um emprego ou voltar a estudar deixou de ser um problema. É essa história que o diretor Greg Sucharew quer mostrar a muita gente com o documentário A Cidade de Bicicleta, gravado com a população de Rivas e atualmente em fase de pós-produção.

Para finalizar o filme, feito de maneira independente, o cineasta aceita doações em dinheiro para o término de tradução (do espanhol para o inglês) e para a edição. “Uma forma de ajudar as pessoas a se locomoverem por si mesmas e de mostrar que ideais às vezes podem, sim, transformar realidades”, diz Susharew.