Preparem seus estoques: o chocolate está para acabar no mundo todo

Reprodução

Reprodução

O chocolate vai acabar. Um dos doces mais consumidos em todo o mundo está prestes a sumir das prateleiras e quem banca isso são duas gigantes do ramo, a Mars Inc. e a Barry Callebaut. De acordo com ambas, o déficit de chocolate, quando há menos cacau produzido do que chocolate consumido, vem aumentando ano a ano.

No ano passado esse déficit foi de 70 mil toneladas métricas. De acordo com especialistas, em 2020, esse número pode chegar a 2 milhões de toneladas métricas. Com isso, a expectativa é que o chocolate passe a ser produzido cada vez mais em menor escala e fique cada vez mais caro.

Os principais problemas para a produção de cacau são naturais. Em primeiro lugar, a mudança de clima na África Ocidental, polo de plantio, está seco demais. Como mais de 70% da produção mundial vem de lá, então as coisas se complicam. Além disso, um fungo chamado Moniliophthora roreri eliminou entre 30% e 40% da produção global de cacau, de acordo com a Organização Mundial do Cacau.

Com todas essas variáveis, o consumo de chocolate só aumenta. O primeiro a sofrer o baque deve ser o de sabor mais amargo, que aos poucos está ficando “enfraquecido”. Os consumidores deverão em breve sentir que o amargo está cada vez mais fraco, o que pode interferir nas vendas.

Como solução, produtores estão criando árvores de cacau que possam dar mais frutos de uma vez. A eficiência, no entanto, bate diretamente de frente com o sabor, que será alterado. A conclusão é que o chocolate como conhecemos será cada vez mais caro e escasso.

Fonte: https://br.noticias.yahoo.com/preparem-seus-estoques–o-chocolate-está-para-acabar-no-mundo-todo-181308692.html

PrintFriendly and PDF