Mais empresas lucram com sustentabilidade

A evolução da sustentabilidade como fonte de vantagem competitiva e lucro tem sido acompanhada desde 2010 pela sondagem anual conjunta realizada com milhares de executivos e gerentes em todo o mundo pela MIT Sloan Management Review e o The Boston Consulting Group. Em 2011, a pesquisa descobriu companhias que acreditavam que a sustentabilidade é necessária para torná-la competitiva.

O estudo de 2012 detectou que a sustentabilidade já havia se tornado elemento permanente das agendas de muitas companhias e uma fonte de lucro para algumas. Na sondagem divulgada em fevereiro, a parcela das empresas que relataram lucro associado à sustentabilidade alcançou 37% dos respondentes (23% em 2011). Aferição ainda mais sobressalente na pesquisa deste ano, 48% das empresas modificaram seus modelos de negócio em decorrência das oportunidades geradas pelas ações de sustentabilidade – um salto de 20% na comparação com o levantamento anterior.

Participaram da sondagem mais de 2.631 executivos, gerentes e formadores de opinião de todo o mundo e de uma gama variada de indústrias. Outra revelação da pesquisa foi que 52% das companhias consultadas atribuíram sua reformulação no modelo de negócio à preferência do consumidor por produtos e serviços sustentáveis. O trabalho pode ser baixado em bit.ly/VJnWc0.

(Página 22)

 

PrintFriendly and PDF