Emissões do setor de energia dos Estados Unidos são as menores desde 1994

A Administração de Informações sobre Energia dos Estados Unidos (EIA) divulgou nesta sexta-feira (5) que as emissões de gases do efeito estufa do setor elétrico do país em 2012 foram de 5,3 bilhões de toneladas métricas de CO2, as menores desde 1994. Segundo a entidade, as emissões estão caindo anualmente desde 2007, com a única exceção sendo o ano de 2010.

A principal causa para a redução seria o maior uso do gás natural, em virtude dos baixos preços. Durante 2012, especialmente entre a primavera e o começo do verão, o gás esteve competitivo em relação ao carvão, fazendo com que se tornasse uma opção mais atraente para as geradoras de energia.

Outros fatores que contribuíram foram a diminuição da demanda do setor de transportes por combustíveis e as temperaturas amenas no inverno, reduzindo a necessidade por aquecimento.

Os dados da EIA confirmam análises anteriores, como a de fevereiro da Bloomberg New Energy Finance (BNEF), que já afirmava que as emissões do setor elétrico dos EUA estavam caindo. De acordo com a BNEF, houve uma redução de 13% desde 2007.

(Instituto CarbonoBrasil)

Emissões do setor de energia dos Estados Unidos são as menores desde 1994

Emissões do setor de energia dos Estados Unidos são as menores desde 1994

PrintFriendly and PDF