Bons hábitos de consumo, ganhos econômicos sociais e ambientais

Ela é casada, tem quatro filhos, seis netos e dois bisnetos. Todos moram na mesma casa e nem todos trabalham. D. Maria (foto), aos 76 anos, é a matriarca da família. Mora em um bairro humilde da região de Sete Lagoas, MG, e hoje o seu maior desafio é reduzir a conta de energia da sua casa.

A família de D. Maria da Conceição está entre as atendidas pelo projetoHomeCarbon, considerado o primeiro programa energo eficiente orientado à ação humana do Brasil, realizado em parceria com o projeto Energia Inteligente (Conviver) da CEMIG- Companhia Energética de Minas Gerais. Mais que uma ação de eficiência energética, a iniciativa tem como proposta educar e promover uma nova cultura para a mudança de hábitos, uma premissa que se faz necessária em uma sociedade que impera a urgência do consumo consciente.

Desde janeiro de 2013, o consumo de energia de 500 famílias dos bairros de Esperança, Itapoan e Interlagos, regiões de baixa renda na cidade de Sete Lagoas, torna-se recurso de valor para o projeto HomeCarbon.

Assim como D. Maria, a moradora Vânia Pereira está adquirindo novos hábitos de consumo e animada com os resultados: “Com o projeto, percebi que pequenas mudanças de atitudes fazem toda a diferença na conta de energia elétrica. Passei a observar tomadas e aparelhos ligados sem que haja necessidade e luzes acesas durante o dia ou em cômodos que não estão sendo utilizados. Tenho dificuldade em mudar o comportamento dos meus filhos, mas, os deixo sempre atentos”, comenta.

Com o objetivo de engajar os participante no uso de energia de forma eficiente, a CEMIG e o projeto HomeCarbon beneficiaram 112 famílias com a troca de 439 lâmpadas incandescentes por fluorescentes compactas de baixo consumo. Durante a ação, 14 famílias não realizaram a troca porque motivadas pelas ações propostas no primeiro mês do projeto, substituíram de forma espontânea.

A equipe do projeto HomeCarbon, formada por pessoas de Minas Gerais, Recife, São Paulo e Porto Alegre, com sede na capital paulista, abrange múltiplas visões que influenciam positivamente o desenvolvimento de ações em novos territórios.

“O projeto tem um valor sustentável muito importante e que pode ser aplicado em todo país. Desperta no individuo, uma consciência social e ambiental que provoca uma mudança de comportamento com ganhos econômicos, sociais e ambientais”, fala Rodrigo Lagreca, idealizador do projeto HomeCarbon.

(HomeCarbon/Mercado Ético)

Bons hábitos de consumo, ganhos econômicos sociais e ambientais

Bons hábitos de consumo, ganhos econômicos sociais e ambientais

PrintFriendly and PDF