Apoiadores da campanha de Obama assumem ofensiva para cobrar ações climáticas

O Congresso dos Estados Unidos é marcado pela predominância de céticos climáticos que costumam criar obstáculos toda a vez que uma nova política para lidar com as emissões de gases do efeito estufa é proposta.

Em uma ação para tentar minar o poder desse grupo, a Organização para Ação (OFA), entidade criada para dar apoio à campanha eleitoral de Barack Obama, deu início a um movimento que pretende recolher assinaturas para demonstrar que a população norte-americana não concorda com a posição de seus representantes políticos.

Um vídeo foi produzido para apontar os principais céticos no Congresso, todos eles grandes lideranças do Partido Republicano. Além de aparecem negando as mudanças climáticas, eles são criticados por sugerirem teorias esdrúxulas como sendo as causas pelo aumento das temperaturas.

O vídeo destaca ainda que 240 parlamentares classificam as mudanças climáticas como uma “fraude”.

“Neste momento, muitos legisladores em Washington simplesmente recusam a encarar os fatos no que diz respeito às mudanças climáticas. Nunca conseguiremos fazer um progresso real nessa questão se os congressistas não levarem o assunto a sério”, explicou Jon Carson, presidente da OFA.

(Instituto CarbonoBrsail)

PrintFriendly and PDF
Tags: ,