“Xingu”: O conflito histórico e atual nas florestas

Estreia no dia 6 de abril o filme “Xingu”, novo filme do diretor Cao Hamburger. O filme retrata a expedição dos irmãos Villas-Bôas, nos anos 1940, que deu origem à demarcação do Parque Nacional do Xingu. A história é contada com um tom de aventura, expondo os percalços pelos quais Cláudio, Orlando e Leonardo passam para conseguirem completar a expedição.

Além de desbravar as terras do Centro-Oeste brasileiro, os protagonistas entraram em contato com tribos isoladas e até então pouco conhecidas. As trocas de experiências e os contrastes com as culturas indígenas marcam os relatos dos irmãos.

A história mostra que o que poderia ser uma ponte entre os dois mundos foi encarado pelos patrocinadores da exposição como uma oportunidade de exploração e desenvolvimento a qualquer custo. Por considerarem a preciosidade do patrimônio cultural e natural que é o Xingu, os Villas-Bôas travaram uma luta intensa com o governo brasileiro e poderes locais para salvar tribos inteiras da região. Mais do que a retratação dos Villas-Bôas como heróis, o filme consegue trazer à luz um debate atemporal sobre a formação do Brasil.

Segundo Cao Hamburger, “Xingu não é apenas um filme atual, mas urgente”. A memória dos 51 anos da criação do Parque Nacional do Xingu infelizmente não marca uma história de grandes transformações nas relações legais com os povos indígenas. Pelo contrário, os abusos contra eles continuam sendo cometidos em todos os setores da sociedade brasileira, sem que isso seja discutido com a sobriedade que o tema pede. O filme “Xingu” ilustra com beleza uma história sobre respeito e tradição que não deveria ser esquecida pelo povo brasileiro.

Para assistir ao trailer, acesse www.xinguofilme.com.br

Apoio especial

O ator Caio Blat veste camiseta do Greenpeace na pré-estreia de Xingu (foto: Greenpeace)

O Greenpeace conferiu a pré-estreia do filme e conversou com os atores. Caio Blat, que interpreta Leonardo Villas-Bôas, vestiu literalmente a camisa do Greenpeace e demonstrou seu apoio às causas ambientais.

Ansioso para conhecer o navio Rainbow Warrior, que está em visita ao Brasil, o ator disse apoiar o projeto de lei doDesmatamento Zero.

Fonte: Greenpeace

Cena do filme "Xingu" (Divulgação/ Beatriz Lefèvre)

Print Friendly, PDF & Email