Venda de bikes supera a de veículos de passeio na Itália

Pela primeira vez, desde a Segunda Guerra Mundial, a venda de bicicletas na Itália ultrapassou a de carros. Cerca de 1,75 milhão de bikes foram comercializadas em 2011, duas mil unidades a mais em relação aos veículos de passeio. As informações são do jornal La Repubblica.

O dado é curioso, pois a Itália tem um dos níveis mais altos de automóveis nas ruas – seis a cada 10 pessoas possuem um carro. Especula-se que, parte da razão da alta das bikes seja os problemas econômicos vividos na Europa. A gasolina, por exemplo, apresenta um custo alto: cerca de dois euros, por litro (o preço varia diariamente, a depender dos custos do petróleo e das taxas de câmbio).

Segundo dados da Fiat, com o boom das bicicletas, a indústria automobilística atravessou a sua pior crise das últimas décadas, registrando uma queda de 20% em relação ao ano de 2011.

Apesar da utilização de bicicletas ter uma certa tradição no país, há cidades italianas que não possuem circuitos adaptados para os ciclistas.

Fonte: EcoD

Crise econômica é apontada como um dos fatores responsáveis pela alta de vendas das bikes. Foto: Robert Thomson

Crise econômica é apontada como um dos fatores responsáveis pela alta de vendas das bikes. Foto: Robert Thomson

Print Friendly, PDF & Email