Usina de PE faz experiência pioneira de gerar energia a partir da cana

Uma usina em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, começou uma experiência pioneira no Brasil de geração de energia a partir da cana-de-açúcar. Uma empresa baiana investiu R$ 15 milhões para montar o sistema, que aproveita o vinhoto, também conhecido como vinhaça, líquido que sobra depois da moagem da cana e antes era usado apenas como adubo para o próprio canavial.

A experiência está sendo feita na usina e destilaria JB. O vinhoto segue por uma tubulação até uma unidade industrial onde é convertido em biogás, usado para geração de energia. O vinhoto é armazenado em um tanque e os sedimentos, separados. Em seguida o gás extraído do vinhoto vai para o reator para depois ser estocado em uma espécie de balão. Um gerador produz a bioenergia, que será vendida no mercado.

“Essa é uma fonte que estava sendo desperdiçada. Então tem um ganho econômico. Esse piloto vai gerar 612 megawats por mês, representando uma receita de R$ 100 mil. Isso pode ser multiplicado por cinco vezes. No caso da nossa produção, dá para fazer de 300 a 350 metros cúbicos de álcool por dia”, explica o dono da usina, Carlos Beltrão. De acordo com a Celpe, a produção de 612 megawatts de energia por mês daria para o consumo de uma cidade com cinco mil casas.

O coordenador do projeto explica que a produção de energia a partir do biogás deverá começar no segundo semestre deste ano. “A capacidade elétrica total vai ser utilizada no momento que a gente tenha início da safra, no mês de setembro. A partir disso nós teremos o uso do biogás na máxima geração de energia elétrica”, diz Salomão Sadigursky.

Fonte: G1 PE

Usina de PE faz experiência pioneira de gerar energia a partir da cana

Usina de PE faz experiência pioneira de gerar energia a partir da cana

Print Friendly, PDF & Email