União Europeia promete €50 milhões para projetos de energias limpas em países em desenvolvimento

O presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, anunciou nesta segunda-feira (16), durante o encontro “Energia Sustentável para Todos”, que ocorreu em Bruxelas, que o bloco vai lançar uma iniciativa de €50 milhões para incentivar a geração de energia limpa em países em desenvolvimento.

“Queremos fornecer a ajuda necessária para que as nações em desenvolvimento consigam crescer de uma forma mais sustentável. Nosso objetivo final, em conjunto com a ONU, é possibilitar que 500 milhões de pessoas tenham acesso a energia limpa até 2030”, afirmou Barroso.

A declaração foi bem recebida pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, que designou 2012 como o ano internacional da energia sustentável.

“É de lideranças fortes que precisamos para tornar a questão energética uma parte fundamental das políticas de desenvolvimento. O acesso à eletricidade segura, barata e renovável deve ser uma das prioridades da agenda internacional”, afirmou o sul-coreano.

Segundo dados do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), cerca de 1,5 bilhão de pessoas não possuem acesso à eletricidade e para resolver essa situação de uma forma sustentável até 2030 seria preciso investir entre US$ 249 bilhões a US$ 1,3 trilhão ao ano.

José Manuel Barroso disse  que durante a Rio+20 a União Europeia vai trabalhar para mobilizar outras centenas de milhões de euros para a promoção de ações de energia limpa.

A conferência “Energia Sustentável para Todos” reuniu representantes da União Europeia, ONU, países em desenvolvimento, empresários e grupos da sociedade civil.

Autor: Fabiano Ávila   –   Fonte: Instituto CarbonoBrasil/Agências Internacionais

União Europeia promete €50 milhões para projetos de energias limpas em países em desenvolvimento

União Europeia promete €50 milhões para projetos de energias limpas em países em desenvolvimento

Print Friendly, PDF & Email