Tempestade solar causa poucos danos ao chegar à Terra

A maior tempestade solar dos últimos cinco anos não provocou grandes contratempos na Terra.

Duas fortes explosões solares na última terça-feira (6) liberaram uma onda de radiação, plasma e partículas carregadas que se espalhou pelo Sistema Solar.

A radiação atingiu a Terra rapidamente, mas as partículas, que viajam mais devagar, chegaram ontem. Elas podem interferir em sistemas de comunicação e de orientação, como o GPS, e até em redes de energia.

Apesar da intensidade das explosões, as agências de monitoramento não haviam registrado grandes incidentes. Partículas ainda continuam chegando hoje.

Companhias aéreas que operam voos nos polos, no entanto, mudaram suas rotas para evitar possíveis problemas de comunicação.

Fonte: Folha.com

Print Friendly, PDF & Email