Saiba por que o inverno de 2012 foi o mais quente dos últimos cinco anos

O inverno brasileiro de 2012 foi o mais quente desde 2007, principalmente nas regiões Sudeste e Centro-Oeste, de acordo com o Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (Cptec/Inpe), em Cachoeira Paulista (SP).

A partir de medições feitas na cidade de São Paulo, foi possível verificar que a temperatura máxima nesta estação foi de 34,1º C, enquanto que em 2007 a máxima foi de 34,5º C. Os dois registros só perdem para 1961 (35,2º C).

Segundo o Cptec, o forte calor foi consequência de um fenômeno climático chamado de sistema de alta pressão, que impediu a chegada de frentes frias. O sistema bloqueou por meses a chegada do frio e fez com que massas de ar quente permanecessem sobre o continente, causando o calor intenso, a falta de chuvas e o tempo seco.

Segundo a meteorologista do Cptec, Ludmila Tochnann, o evento climático durante o inverno não é algo extraordinário. “É difícil prever quando isso vai acontecer novamente”, explica Ludmila.

Em 18 de setembro a temperatura na capital paulista foi de 34,1º C, terceira maior desde o início das medições e a cidade enfrentou o segundo maior período consecutivo sem chuvas (64 dias), perdendo apenas para os 78 dias registrados em 1985.

Em Cuiabá (MT), o recorde registrado pelo Inmet foi de 41º C, no dia 5 de setembro. Nesta quarta (19), o Inmet registrou 41,2º C no Rio de Janeiro, considerada a maior temperatura do ano na cidade.

A medição das temperaturas do inverno é feita principalmente na região de São Paulo devido à passagem do trópico de Capricórnio. De acordo com a meteorologista, é comum o registro de temperaturas altas em áreas que estão acima desta linha.

Regime de chuvas pode ser afetado na primavera
Previsão climática realizada por meteorologistas do Cptec/Inpe para os próximos três meses afirma que a possível formação de um moderado fenômeno El Niño pode afetar o regime de chuvas no país. O fenômeno é caracterizado pelo aquecimento anormal das águas superficiais do Oceano Pacífico perto dos trópicos. A primavera começa neste sábado (22).

Com isso, entre outubro e dezembro poderá chover mais no Sudeste, Sul e no centro de Mato Grosso do Sul, enquanto que as regiões Norte e Nordeste poderão sofrer com a escassez de precipitações.

Quanto às temperaturas, o Sul do país poderá registrar temperaturas entre 10º C e 31º C, e o Sudeste entre 12º C e 33º C. No Centro-Oeste, Nordeste e Norte, as máximas podem ultrapassar os 35º C.

“A princípio, a primavera estará dentro do normal. Mas, se o El Niño vingar, teremos certamente uma estação com mais chuvas em algumas regiões. A tendência agora é de umidade mais alta, mas ainda poderemos ter dias consecutivos sem chuvas”, explica Neide Oliveira, meteorologista do Inmet.

Fonte: G1

Saiba por que o inverno de 2012 foi o mais quente dos últimos cinco anos

Saiba por que o inverno de 2012 foi o mais quente dos últimos cinco anos

Print Friendly, PDF & Email