Relatório da ONU sugere mecanismos fiscais e de crédito para incentivar práticas sustentáveis

Com 56 recomendações para ajudar a pôr em prática o conceito de desenvolvimento sustentável, o relatório das Nações Unidas (ONU) Povos Resilientes, Planeta Resiliente – Um Futuro Digno de Escolha teve sua versão em português lançada ontem (17), no Rio.

O documento foi elaborado pelo Painel de Alto Nível sobre Sustentabilidade Global da ONU e divulgado em janeiro deste ano, na Etiópia. É resultado de um grupo de trabalho formado por 22 autoridades, entre elas, a ministra do Meio Ambiente do Brasil, Izabella Teixeira.

Entre as recomendações, a publicação de 154 páginas destaca a criação de indicadores para mitigar mudanças climáticas, sugere mecanismos fiscais e de crédito para incentivar práticas sustentáveis e também a eliminação de subsídios a combustíveis fósseis.

A menos de um mês da Conferência Rio+20, o documento pede a integração dos custos sociais e ambientais, além de mais engajamento da iniciativa privada em temas ligados à sustentabilidade.

Participam da divulgação do relatório a ministra Izabella Teixeira, o secretário executivo do painel da ONU, Janos Pasztor, e o embaixador André Corrêa Lago, chefe da divisão de políticas de meio ambiente e de desenvolvimento sustentável do Ministério das Relações Exteriores.

Fonte: Agência Brasil

Relatório da ONU sugere mecanismos fiscais e de crédito para incentivar práticas sustentáveis

Relatório da ONU sugere mecanismos fiscais e de crédito para incentivar práticas sustentáveis

Print Friendly, PDF & Email