Pontos turísticos de Parque Nacional de MT são fechados devido incêndios

Alguns dos principais pontos turísticos do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães, a 60 km de Cuiabá, foram fechados por conta dos focos de incêndio no local. O Morro de São Jerônimo, Circuito das Cachoeiras e a cachoeira Véu de Noiva não poderão receber visitantes pelo menos até domingo (16), conforme informou ao G1 a coordenação do Parque Nacional.

O coordenador Cecílio Pinheiro disse que nas últimas 48 horas foram fechados o Circuito das Cachoeiras, que compreende sete cachoeiras, como também o Morro de São Jerônimo, por estar em situação crítica por conta das chamas que consomem a vegetação. “Fechamos o Circuito das Cachoeiras, bem como o Morro de São Jerônimo, mas infelizmente parte da vegetação foi atingida na quinta-feira (13). Decidimos fechar também o Véu de Noiva porque a atuação dos brigadistas de combate à incêndio não é compatível com a presença dos visitantes”, informou.
Cachoeira do Pulo abre o circuito de sete cachoeiras localizadas dentro do Parque Nacional (Foto: Dhiego Maia/G1)Cachoeira do Pulo abre o circuito de sete cachoeiras localizadas dentro do Parque Nacional (Foto: Dhiego Maia/G1)

De acordo com Pinheiro, o grupo que combate o fogo no parque não prevê que os focos cheguem ao Véu de Noiva, no entanto, ele pontua que a possibilidade das chamas alastrarem pela região não está descartada. O Rio Claro, outro ponto turístico do parque, é o único que continua aberto para visitação.

Além de 15 veículos que circulam com equipamentos e ferramentas de combate às queimadas, ogo está sendo controlado com o auxílio de um helicóptero e uma aeronave. “Temos o apoio de uma aeronave mas infelizmente não podemos utilizá-lo porque não tem condições de relevo para fazer isso. O fogo neste momento se concentra em uma área inclinada nos paredões”, pontuou.

Morro de São Jerônimo é o ponto mais alto de Chapada (Foto: Eduardo Barcellos)Morro de São Jerônimo é o ponto mais alto de Chapada dos Guimarães (Foto: Eduardo Barcellos)

O Parque Nacional de Chapada dos Guimarães abrange 32.630 hectares. Cecílio Pinheiro disse ainda em entrevista ao G1 que já foram consumidos aproximadamente três mil hectares da área. Isso corresponde a três mil campos de futebol queimados. O ponto em que o fogo começou foi na região conhecida como Morraria do Quebra Gamela, uma área de conservação ambiental, próximo ao Coxipó do Ouro.

No entanto, desde o dia 7 de setembro focos de incêndio destroem a vegetação na MT-251, rodovia que liga a capital ao município de Chapada dos Guimarães, consumindo mais de 13 mil hectares de área no entorno do parque.

Fonte: G1

Com 86 metros de queda d'água, cachoeira do Véu de Noiva é um dos cartões postais do Parque Nacional de Chapada (Foto: Dhiego Maia/G1)

Com 86 metros de queda d’água, cachoeira do Véu de Noiva é um dos cartões postais do Parque Nacional de Chapada (Foto: Dhiego Maia/G1)

Print Friendly, PDF & Email