Pior seca dos últimos 70 anos no México deve se prolongar, diz instituto

Fazendeiro caminha perto de carcaça de animal na cidade de Satevo, no estado de Chihuahua. Seca no méxico atinge a região norte do país. (Foto: Jesus Alcazar/AFP)

A seca no México, considerada a mais severa em 70 anos e que já devastou o norte do país, deve se prolongar por vários meses já que é parte de um ciclo natural de variabilidade do clima, acentuado por outros fatores, afirmaram especialistas do Serviço Meteorológico nesta terça-feira (24).

“A seca no norte do país vai se aongar por vários meses em 2012. A previsão indica que devemos ter um inverno seco em fevereiro e março, com níveis de precipitação abaixo do nível habitual”, afirmou Martín Ibarra, subgerente do Serviço Climático mexicano.

Ele explicou que a estiagem na região em 2011, que devastou grandes áreas e custou a vida de milhares de cabeças de gado foi “parte da variabilidade natural clima”, agravada por fatores como o aquecimento global. Ele cita que muitas áreas florestais “têm sido invadidas pela população até o esgotamento dos recursos naturais”, afetando o ciclo de chuvas.

Nesta terça-feira, o governo mexicano lançou um programa de combate à seca com recursos de US$ 2,5 bilhões para distribuição de alimentos e água potável à população afetada.

Fonte: G1

 

Print Friendly, PDF & Email
Tags: ,