Pessoas estão mais preocupadas com efeitos das mudanças climáticas, aponta pesquisa

Nove em cada dez pessoas reconhecem as mudanças do clima ocorridas nos últimos 20 anos. Esse é o resultado de um estudo encomendado pela empresa de seguros Axa e desenvolvido pelo Insights Beyond Statistics (Ipsos), que afirmou que os indivíduos apresentam mais preocupações com a causa, sobretudo, os que vivem nos países do Hemisfério Sul, menos ricos e mais expostos. A pesquisa foi divulgada na quinta-feira, 4 de outubro.

Segundo informou a AFP, a pesquisa foi realizada pela internet, entre 5 de julho e 6 de agosto, e contou com a participação de, aproximadamente, 13 mil pessoas com mais de 18 anos, dos países: França, Alemanha, Itália, Bélgica, Suíça, Espanha, Grã-Bretanha, Japão, Hong Kong, Indonésia, Turquia, Reino Unido e México.

Populações temem as enchentes, a elevação das temperaturas, a seca, más colheitas e também a disseminação de doenças e conflitos pelo acesso a água ou comida.

Os mais convictos dessa realidade são os moradores dos países próximos aos trópicos, a exemplo de Hong Kong (97%) e Indonésia (98%). Porém, nos países desenvolvidos as pessoas se preocupam menos com os impactos, como é o caso dos Estados Unidos, onde 72% percebem as alterações.

As secas foram identificadas por 77% das pessoas e destacadas pelos entrevistados de países como: Itália, Espanha, Turquia e México. Já 83% perceberam chuvas mais intensas, o número mais elevado foi registrado em Hong Kong (94%).

Cerca de 97% dos participantes declararam inquietação com o assunto. As populações temem as enchentes, a elevação das temperaturas, a seca, más colheitas e também a disseminação de doenças e conflitos pelo acesso a água ou comida.

Fonte: EcoD

Pessoas estão mais preocupadas com efeitos das mudanças climáticas, aponta pesquisa

Pessoas estão mais preocupadas com efeitos das mudanças climáticas, aponta pesquisa

Print Friendly, PDF & Email