Nasa lança sondas para estudar anéis de radiação em volta da Terra

A Nasa lançou nesta quinta-feira, no Cabo Canaveral, na Flórida, um foquete que deverá pôr em órbita duas sondas para estudar a influência do Sol sobre a Terra e os anéis de radiação no entorno. O Atlas V subiu por volta de 5h, após vários adiamentos devido a problemas técnicos e ao mau tempo na região, dada a proximidade da tempestade tropical Isaac.

A missão, denominada Radiation Belt Storm Probes (RBSP), tem o objetivo de estudar os cinturões de Van Allen, dois anéis formados por partículas carregadas que ficam presas na região pelo campo magnético do planeta. A importância está no fato de que todos os equipamentos em órbita estão sob a influência da radiação do cinturão, o que pode danificar circuitos eletrônicos e painéis solares.

As sondas foram desenvolvidas para analisar a forma como o Sol, e em particular as tempestades solares, afetam o entorno terrestres em várias escalas de espaço e tempo. As duas terão órbitas quase idênticas, que irão cobrir toda a região dos cinturões e deverão se cruzar várias vezes. Elas pesam mais de 635 quilos cada uma e medem 1,85m de largura e 90cm de altura.

Já os instrumentos transportados pelos satélites proporcionarão as medições de que os cientistas necessitam para compreender os mecanismos que dotam as partículas eletrificadas de grande velocidade e energia.

Fonte: O Globo

AS SONDAS pesam mais de 635 quilos cada uma e medem 1,85m de largura e 90cm de altura Divulgação/Nasa

AS SONDAS pesam mais de 635 quilos cada uma e medem 1,85m de largura e 90cm de altura Divulgação/Nasa

Print Friendly, PDF & Email