Moradores denunciam retirada de açaí de parque ambiental em Manaus

A polícia ambiental prendeu dois homens, de 60 e 20 anos, e apreendeu um adolescente, de 17, que realizavam a retirada de açaí do Parque Municipal do Mindu, no Parque Dez, Zona Sul de Manaus. O crime ambiental foi denunciado à Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) por moradores do local. Um homem conseguiu fugir.

Moradores disseram terem visto quando os quatro homens entraram na unidade de conservação. Ainda segundo a secretaria de meio ambiente, um veículo da marca Kombi estava estacionado no lado de fora aguardando o carregamento do fruto.

A Semmas informou que os acusados tiveram acesso à unidade pela Avenida Umberto Calderaro Filho. Os homens carregavam duas sacas de 60 quilos, quando foram abordados pelos fiscais. Eles foram conduzidos à delegacia onde assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

Retirada de fruto do local é crime ambiental, diz secretaria (Foto: Divulgação/Semmas)
Retirada de fruto do local é crime ambiental, diz secretaria (Foto: Divulgação/Semmas)

Segundo o artigo 52 da Lei Federal de Crimes Ambientais, penetrar em unidades de conservação conduzindo substância e instrumentos destinados à caça ou exploração de produtos ou subprodutos sem a devida autorização é crime ambiental.

Os frutos existentes no parque são utilizados, principalmente, como alimento para os animais da fauna silvestre que habitam a unidade. A ausência de alimentos faz com que os animais, a exemplo das cutias, saiam do parque em busca de comida, correndo risco de atropelamento ou de serem levadas para abate.

Fonte: G1

FanPage AmbientalSustentávelCurta nossa página do facebook
Frutos apreendidos com os suspeitos (Foto: Divulgação/Semmas)

Frutos apreendidos com os suspeitos (Foto: Divulgação/Semmas)

Print Friendly, PDF & Email