Me vê 16 mil litros de água!

Esse parece um pedido estranho – mais estranho ainda se for feito em um açougue. Mas é mais ou menos isso o que você pede quando compra um quilo – só um quilinho!! – de carne de boi.

Você sabia que, além do gasto de água em nosso dia-a-dia – que já é muito! -, milhares de litros são utilizados na produção das mercadorias que consumimos? O site Water Footprint mostra o quanto de água vai em cada uma. Veja alguns exemplos publicados no blog Mude o Mundo:

Produto Unidade Litros de água
Açúcar 1kg  1500
Algodão 1 camiseta 2700
Café 1 xícara 140
Carne 1 Kg 15500
Cerveja 1 copo 75
Cevada 1 Kg 1300
Frango 1 Kg 3900
Hambúrguer 1 unid. 2400
Leite 1 litro 1000
Milho 1 Kg 900
Ovos 1 unid. 200
Pão 1 fatia 40
Papel 1 folha A4 10
Queijo 1 Kg 5000
Soja 1 Kg 1800
Trigo 1 Kg 1300

Além do cálculo feito para as mercadorias, o Water Footprint também estima o consumo de água dos países por ano. Chega-se a esse número pelo volume de água potável gasta na produção de mercadorias e serviços consumidos pelo total de habitantes do país, mais a água utilizada nos produtos importados e menos a que serviu para os exportados. E isso inclui águas superficiais e subterrâneas e água do solo no caso da produção agrícola.

Para se ter uma idéia maior do estrago, cada habitante da China consome cerca de 700 m³ de água por ano e apenas 7% desse valor vem de fora do país. No Japão, ao contrário, 65% dos 1150 metros cúbicos de água consumida por pessoa, em um ano, são provenientes de outros países. Nos Estados Unidos, o consumo por habitante é proporcional aos excessivos hábitos dos americanos: 2500 m³ em um ano.

Ficou curioso? Quer saber quanta água você tem consumido indiretamente por aí? Então, faça o cálculo no site e mude já de atitude!

Confira, também, o Virtual Water Poster, um projeto de design que contém uma lista enorme com a quantidade de água gasta com cada mercadoria, o consumo por países e dicas de como diminuir esse consumo. (A foto aí em cima, por exemplo, faz parte do projeto.)

Fonte: Super (Originalmente publicada pelo Planeta Sustentável)

Print Friendly, PDF & Email