Lei florestal ganha apoio de ruralistas na internet

Uma campanha lançada nesta semana na internet defende que o Código Florestal aprovado pela Câmara no final de abril seja sancionado na íntegra pela presidente Dilma Rousseff.

Em reação à campanha ambientalista “Veta, Dilma”, o movimento “Não Veta, Dilma”, com perfil no Twitter e site (www.naovetadilma.com ), começou a divulgar e-mails na última quarta-feira.

A mensagem apela ao bolso: “Não veta, Dilma, ou o preço da comida vai subir”.

O texto diz que 61% das matas nativas estão preservadas, e que o país “produz uma das melhores e mais baratas comidas do mundo”.

Apesar de não identificar os organizadores –o perfil do Twitter não respondeu contato feito pela reportagem–, o movimento já tem similares pela internet (como o “Aprova tudo, Dilma”, no Facebook) e é apoiado por representantes ruralistas.

Os números do material, por exemplo, são idênticos aos divulgados pela CNA, que afirmou, via assessoria, que o “Não Veta, Dilma” se alinha às propostas da entidade.

A Frente Parlamentar da Agropecuária, com 268 membros, pretende, na semana que vem, começar a encampar os bordões “Não veta, Dilma” e “Aprova tudo, Dilma”.

Fonte: Folha.com

Lei florestal ganha apoio de ruralistas na internet

Lei florestal ganha apoio de ruralistas na internet

Print Friendly, PDF & Email