Japão prepara sistema para monitorar país sobre tsunamis

Dez meses depois do terremoto seguido de tsunami no Japão, as autoridades do país anunciaram hoje (9) a instalação de um sistema de monitoramento em larga escala para detectar a ocorrência de alterações no mar do Pacífico. A ideia é dar o alerta o mais cedo possível para que a população se prepare. O terremoto seguido de tsunami ocorreu em 11 de março de 2011 e atingiu praticamente todo o Japão, mas principalmente o Nordeste do país.

De acordo com as autoridades, os sismógrafos e detectores de tsunamis serão instalados até março de 2013, na região da Península Boso e Costa Sanriku. Um monitor adicional será colocado na Costa da cidade de Miyagi Prefecture. O objetivo é que os equipamentos monitorem 50 localidades até março de 2015.

Também serão instalados monitores de tsunamis ainda neste ano em três locais, a 400 quilômetros da Costa do Nordeste do Japão. Os dados serão coletados por satélites e usados para identificar um tsunami que está previsto para ocorrer a leste do Oceano Pacífico.

O Ministério da Educação e da Ciência do Japão estuda a possibilidade de instalar o sistema composto por um submarino na área próxima ao Trench Nippon no Oceano Pacífico, enquanto os sismógrafos estiverem sendo colocados no fundo do mar associados aos detectores de tsunami que são orientados por sensores de pressão hidráulica.

Os dados ajudarão a Agência Meteorológica do tsunami de informações ou avisos de lançamento. O chefe da agência, Akira Nagai, disse que os sistemas vão ajudar a reunir os dados necessários e no monitoramento das urgências. Durante o terremoto de 11 de março de 2011 seguido de tsunami, a Agência Meteorológica do Japão monitorou as ondas de tsunami antes de elas chegarem à Costa do país.

Autor: Renata Giraldi – Com informações da emissora estatal de televisão do Japão, NHK

Fonte: Mercado Ético

Japão prepara sistema para monitorar país sobre tsunamis

Print Friendly, PDF & Email