IUCN lançará Lista Verde das espécies protegidas

Acompanhar notícias de espécies ameaçadas pode ser muitas vezes deprimente, apesar de ser importante. Em uma época de vasto desmatamento, super exploração, aumento das populações humanas e mudanças climáticas, todos os dias parecem trazer notícias negativas sobre espécies ou até sobre toda a biodiversidade. Entretanto, nem tudo está perdido, esforços de conservação alcançaram sucesso ao estabilizar, aumentar e proteger alguma parte da vida selvagem mundial. Agora, uma nova lista da União Internacional para a Conservação da natureza (IUCN) promete destacar estes exemplos positivos.

“A Lista Verde trata de otimismo e sucesso. Ela incentivará ações de conservação e investimentos em programas e políticas que melhorem medidas de conservação”, afirmou Dr. Simon Stuart, presidente da comissão de sobrevivência das espécies da IUCN.

De acordo com a Sociedade de Conservação da Vida Selvagem (WCS), que é a responsável pela ideia, a Lista Verde incluirá espécies que são “identificadas como ‘completamente conservadas’, sendo que isso significa aquelas que existem em números significantes ecologicamente, interagindo de maneira integral com outras espécies em seus ecossistemas.”

A Lista Verde – que complementa a Lista Vermelha, que acompanha as espécies ameaçadas – foi aprovada no Congresso Mundial de Conservação em Jeju, na Coreia do Sul, neste mês. Enquanto a Lista Vermelha alerta para o perigo às espécies em todo o planeta, a Verde destacará a abundância delas. Os cientistas ainda precisam detalhar os critérios pelos quais serão avaliadas as condições das espécies. Não há como saber que espécies conseguirão aparecer na lista, que só deve ser apresentada daqui a alguns anos.

“Para considerar uma espécie bem conservada será preciso provar que o número populacional é significante, que ela interage com outras espécies nativas e com o próprio ecossistema”, explica Cristián Samper, presidente da WCS. “A comunidade da conservação deve dar ao mundo uma visão proativa e positiva de sucesso. Ou seja, a lista deve apresentar espécies que estejam cumprindo suas capacidades como parte integral dos seus ecossistemas.”

Neste mesmo Congresso Mundial também foram aprovadas monções para a criação da Lista Vermelha dos Ecossistemas e a Lista Verde das Áreas Protegidas. Esta última destacará as mais bem sucedidas regiões protegidas, enquanto a primeira apresentará os ecossistemas que mais precisam de ajuda.

* Traduzido por Fabiano Ávila

Leia o original no Mongabay (inglês)

Fonte: Instituto Carbono Brasil

FanPage AmbientalSustentávelCurta nossa página do facebook
IUCN lançará Lista Verde das espécies protegidas

IUCN lançará Lista Verde das espécies protegidas

Print Friendly, PDF & Email