Investimento do Irã em energia ‘verde’ pode ser afetado por sanções

O Irã deveria investir em energia renovável para preservar suas reservas de hidrocarbonetos, disse nesta quarta-feira (8) o ministro iraniano do Petróleo, Rostam Qasemi, num momento em que o aumento das sanções contra o país dificulta cada vez mais suas exportações de petróleo.

Com os grandes compradores do petróleo iraniano cortando as importações e procurando outros fornecedores, o Irã disse que este é o momento certo para o país, quinto maior produtor mundial de petróleo e segundo em reservas de gás, investir em energia verde.

O setor iraniano de energia renovável é minúsculo, como também na maior parte do Oriente Médio, onde os investimentos se voltam para indústrias alimentadas pelo petróleo e gás baratos.

Energia nuclear ou bomba atômica?
A urgente necessidade do Irã em reduzir o próprio consumo de gás e petróleo também é o fator por trás da construção de sua primeira usina de energia nuclear, pois assim pode exportar mais combustível fóssil.

“Não é possível, nem de interesse nacional, manter a longo prazo a dependência em fontes de hidrocarbonetos”, disse Qasemi durante o Congresso Nacional de Energia, realizado no sul do Irã, segundo o site de notícias Shana, vinculada ao Ministério do Petróleo do Irã.

“Por um lado, a redução gradual do consumo de petróleo e, por outro, uma rápida e revolucionária mudança em direção ao uso de energias renováveis são os mecanismos apropriados que podem ajudar o país”, afirmou Qasemi.

Potências ocidentais suspeitam que o Irã busca armas nucleares, mas o governo iraniano afirma que o seu programa é para fins energéticos pacíficos.

A tensão do Irã com o Ocidente se intensificou nos últimos meses por causa da decisão dos Estados Unidos e da União Europeia de endurecer suas sanções contra o país, na expectativa de pressionar o governo local a interromper suas atividades nucleares.

Fonte: Reuters – Disponível no G1

Imagem meramente ilustrativa encontrada através de busca online no google.com
Print Friendly, PDF & Email